Elon Musk relata encontro nada amigável com Steve Jobs

Por Redação | 15 de Dezembro de 2015 às 15h15
photo_camera Divulgação

Apontada por muitos especialistas como a Apple da indústria automobilística, a Tesla Motors continua seguindo seu caminho rumo a um mundo com mais veículos elétricos sustentáveis e autônomos. Mas essa comparação pode não parecer tão legal assim para o fundador da montadora, Elon Musk, que afirmou que Steve Jobs foi “um tanto cretino” no dia em que eles se conheceram.

Quando perguntado sobre as comparações entre ele e o fundador da Apple, ele lembrou de quando ambos se conheceram em uma festa. De acordo com Musk, Jobs não fazia a menor ideia de quem ele era e a ideia de que o visionário era alguém não muito legal foi compartilhada por amigos antes do encontro. A fala, porém, parou por aí. O executivo interrompeu sua resposta afirmando não querer gerar animosidade e não disse exatamente o que causou sua impressão ruim.

Por outro lado, ele não deixou de cutucar o estado atual da Apple ao afirmar que ela é como o “cemitério da Tesla”. Fazendo alusão ao movimento de funcionários entre as duas empresas, Musk afirmou que muita gente que não consegue um trabalho na montadora – ou não progride e acaba demitido dela – arruma uma vaga na empresa de Cupertino. Mais um exemplo de que a comparação entre as duas empresas não é exatamente algo engrandecedor.

Mesmo assim, Musk deixou claro que não gosta muito de falar sobre a Apple, pois acredita que esse tipo de rivalidade não é benéfica para ambas as partes, e muito menos para a indústria em si. O executivo afirma que não pouparia esforços para falar em favor da Maçã, mas por outro lado, diz preferir manter o silêncio com relação a tudo isso.

Como exemplo dessa última constatação, Musk parabenizou a Apple pelos esforços de entrar no mercado de tecnologias vestíveis, mas ao mesmo tempo, alertou que o mercado de carros é bem mais complexo do que o mundo mobile. Ainda assim, ele acredita que o segmento automobilístico é o próximo passo lógico para a empresa, de forma que ela não apenas continue a se expandir, mas também continue com relevância na vanguarda da tecnologia.

Fonte: GQ

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.