Disputa de patentes ameaça Projeto Loon do Google

Por Redação | 06.07.2017 às 15:52
photo_camera Google

O programa do Google que tem como objetivo levar internet gratuita para áreas remotas está correndo sérios riscos. De acordo com informações divulgadas na última quarta-feira (06), uma companhia chamada Space Data saiu vitoriosa dos tribunais por conta de uma disputa de patentes.

Para quem não sabe, o Projeto Loon utiliza balões para oferecer conexões à web em locais que não contam com infraestrutura. Porém, a Space Data acabou processando a gigante da tecnologia por conta de uma suposta quebra de contrato. Segundo a companhia, em 2008 o Google havia demonstrado interesse em comprar a empresa, mas acabou se apropriando de segredos comerciais e violou as suas patentes relacionadas aos balões.

Apesar das acusações, o Google parece não ter levado a situação a sério, mas a Space Data conseguiu um feito inédito. No mês passado, o escritório de registro de patentes dos Estados Unidos cancelou a patente do Google e entregou para a Space Data. Diante da conquista, a pequena empresa resolveu levar o caso para a justiça, alegando que o Google está trabalhando em um projeto utilizando sua propriedade intelectual.

Brian Love, co-diretor do Instituto de Direito Tecnológico da Escola de Direito da Universidade de Santa Clara, explica que a conquista da Space Data coloca em risco o Projeto Loon, já que o Google está de mãos atadas. Ao que tudo indica, a pequena empresa não está disposta a aceitar acordos, então provavelmente os tribuinais acabarão penalizando o Google.

Vale lembrar que não é intenção da Space Data colocar o projeto em prática, pois não possui a infraestrutura necessária. De qualquer forma, a briga legal entre as companhias ameaça, sem dúvidas, a continuidade dos balões.

Via Wired