Desapegando ou abrindo o próprio negócio? Conheça boas plataformas de e-commerce

Por Patrícia Gnipper | 07 de Julho de 2017 às 14h25

Abrir um comércio virtual pode ser uma saída prática e não muito dispendiosa para muitas pessoas, mas, ao mesmo tempo, exige um bom trabalho de pesquisa quanto às plataformas de e-commerce que vão atender melhor às suas necessidades. A boa notícia é que existem serviços voltados para os mais diversos perfis de usuário, tanto pagos, quanto gratuitos.

Alguns permitem personalizar completamente (ou quase) o visual e recursos que sua loja vai ter, enquanto outros têm opções reduzidas, mas que funcionam tão bem quanto. Além disso, há aquelas plataformas específicas para quem deseja abrir uma loja virtual de verdade, e outras são ideais para as pessoas que estão desapegando de itens pessoais em bom estado, como roupas, acessórios e eletrônicos.

Nós pesquisamos várias dessas ferramentas, e selecionamos algumas que valem muito a pena conhecer. São elas:

UOL Host

É a plataforma de e-commerce do UOL, o portal que todo mundo conhece desde os primórdios da internet brasileira. Por R$ 59,90 por mês, você consegue criar sua loja com várias possibilidades de personalização, para deixá-la com a cara da sua marca. Na mensalidade está incluso 1 ano de domínio “.store” grátis, e os benefícios do PagSeguro, o sistema de pagamentos do UOL.

Quanto às personalizações, o lojista consegue adicionar o seu logo, escolher cores e os itens do menu, incluir uma ferramenta de busca por produtos, carrinho de compras e espaço para banners de publicidade. Além disso, o UOL Host também fornece integração da sua loja com redes sociais, sistema dos Correios, comparador de preços Buscapé e também permite integrar a loja criada com o Facebook Shop, que é a plataforma de vendas da rede social.

Outras vantagens, ainda, são visitas e pageviews ilimitadas, a oferta de cinco e-mails personalizados, relatórios de acessos e vendas, e suporte técnico 24 horas.

Tanlup

Esta plataforma visa ajudar o artista e pequeno produtor a viver daquilo que ele ama fazer. Ilustradores, estilistas, artesãos, brechós e outros tipos de lojistas são o público-alvo da Tanlup, uma vez que essas pessoas não costumam ter muito dinheiro para investir em uma loja virtual mais parruda. Como o foco do serviço são peças confeccionadas pelo próprio lojista, revendedores não são exatamente o público desta plataforma, apesar de que ela tem portas abertas para brechós.

O serviço permite customizar algumas coisas, como cores, itens do menu e logo, mas sem alterar a estrutura do design, que é fixa. Além disso, é possível instalar o app do serviço para transportar sua loja também ao Facebook, aumentando suas possibilidades de venda. O plano gratuito permite cadastrar até 30 produtos com 5 imagens cada, enquanto os planos pagos fornecem mais vantagens, como o uso de um domínio próprio, personalizar o layout via CSS, obter estatísticas do Google Analytics, adicionar elementos de HTML e outros widgets.

Elo 7

Com proposta e público-alvo parecidos com os da Tanlup, o Elo 7 é uma plataforma ideal para artesãos. Itens como bijuterias, peças de decoração e roupas são os mais populares por ali, e o lojista consegue colocar seu e-commerce no ar rapidamente, mesmo que não entenda nada de programação ou design.

Entre as vantagens, está a possibilidade de ter desconto em seus fretes pelos Correios, ter seu site adaptado automaticamente para outros dispositivos, contar com suporte técnico feito por pessoas de verdade e, ainda, participar de eventos como palestras, encontros, feiras e bazares.

Iluria

Projetado para pequenos e médios lojistas, o Iluria fornece 15 dias grátis para você testar o serviço e ter certeza de que deseja manter sua lojinha ali mesmo, antes de pagar qualquer centavo. Depois, os preços vão de R$ 9,90 a R$ 149,90 por mês, dependendo dos recursos que você precisar adquirir.

Entre as vantagens que o Iluria oferece, está o checkout transparente, pelo qual o cliente efetua o pagamento da compra sem sair do ambiente da loja e não precisa se cadastrar nos sites dos meios de pagamento, o que pode aumentar em 30% a taxa de conversão de vendas. E sobre as formas de pagamento, é possível escolher o Moip, PagSeguro, MercadoPago e transferência bancária.

O Iluria também permite emitir cupons de descontos, personalizar a loja por meio de um editor de layout padronizado, ou, também, por meio do código-fonte usando HTML e CSS, além de estatísticas do Google Analytics.

Colab55

Esta plataforma atende a artistas de fotografia e design. O artista cria suas artes da maneira que desejar, e faz o upload do arquivo dentro das especificações solicitadas pelo serviço para vender itens com suas estampas, como camisetas, almofadas, canecas e pôsteres. O diferencial do Colab55 é que o vendedor não precisa se preocupar com a confecção e envio desses itens: ele somente “sobe” a arte, e o site faz todo o resto por conta própria.

O Colab55 sugere médias de preços para cada produto, mas quem define o valor de cada peça é o vendedor, que também escolhe os royalties que receberá por venda. Simples assim!

Nuvem Shop

Outra plataforma de e-commerce fácil e descomplicada é a Nuvem Shop. O serviço permite incluir seus produtos tanto pelo computador, quanto pelo celular, e o lojista configura seu domínio próprio e aplica o layout que mais reflita a imagem de sua marca.

Com integração com o Facebook e o MercadoLivre, o vendedor pode ampliar seus canais de venda usando somente a Nuvem Shop para administrar todos eles. E tudo isso por preços acessíveis, a partir de R$ 29 por mês, sendo que o plano mais abrangente cobra R$ 99 mensais.

Loja Integrada

Grátis, a Loja Integrada permite criar um e-commerce em alguns minutos, oferecendo modelos de layout pré configurados para o lojista escolher aquele que tem a carinha de sua marca. Os layouts são todos responsivos — ou seja, funcionam em qualquer plataforma, seja web ou mobile —, e o serviço tem integração com vários outros marketplaces conhecidos para ampliar suas vendas, como MercadoLivre, ShopTime, WalMart, Extra, Submarino, Casas Bahia, Americanas e Ponto Frio.

Já quem desejar contratar recursos adicionais, como poder vender uma maior quantidade de produtos, oferecer mais formas de pagamento e relatórios, pode escolher entre os planos pagos, que vão de R$ 49 a R$ 399 por mês.

MercadoShops

É a loja virtual que conta com a tecnologia do MercadoLivre, para quem deseja criar um e-commerce, mas não quer manter sua loja no conhecido site de leilões. Com o Mercado Shops, o vendedor pode escolher um design profissional e criar uma loja com cara de loja de verdade, sendo que esse site fica otimizado para smartphones e tablets.

Os pagamentos são feitos pelo MercadoPago, enquanto os envios ficam por conta do MercadoEnvios (que qualquer usuário do Mercado Livre já conhece e pode confiar). O lojista consegue incluir seus produtos com variáveis como tamanhos, cores, sabores, estampas, e o que desejar configurar, e também conta com ferramentas de marketing para ampliar suas divulgações.

Enjoei

Voltado para quem tem objetos sobrando em casa e deseja desapegar, fazendo um dinheirinho, o Enjoei permite criar uma loja própria sem muitas personalizações, mas com a vantagem de que seus produtos ficarão visíveis para o enorme banco de usuários do serviço. Ou seja, quem entrar lá pesquisando por “calça jeans”, acabará vendo o jeans que você está desapegando, mesmo sem te conhecer.

O serviço tem apps para Android e iOS, e já conta com mais de 370 mil vendedores, que já vendem mais de 2 milhões de produtos.

Box Loja

Com teste grátis por duas semanas, o Box Loja visa mostrar as vantagens de seu serviço de e-commerce para quem ainda não tem certeza de qual plataforma escolher. O serviço promete que o vendedor consiga colocar sua loja no ar dentro de somente 15 minutos, e é ideal para começar um novo negócio.

O Box Loja tem integração com as principais ferramentas de pagamentos, como PagSeguro, PayPal e Moip, e também é integrado com o sistema dos Correios. Oferece possibilidade de transportar sua loja para o Facebook e também conta com as estatísticas do Google Analytics, além de indexar seus produtos nos comparadores de preços como Buscapé e Shopping UOL.

Os planos vão de R$ 20 por mês para a assinatura mais básica, até R$ 50 mensais para quem desejar obter absolutamente tudo o que a plataforma oferece. Não são cobradas taxas em cima de suas vendas, não há limite de visualizações de páginas, e é possível cancelar o serviço a qualquer momento, já que ele não exige contrato.

Agora é só definir qual a necessidade de sua loja, qual o seu público-alvo e escolher a plataforma que melhor atenda às suas necessidades! Boas vendas!