Criador de Minecraft diz não estar feliz com a vida de bilionário

Por Redação | 31 de Agosto de 2015 às 16h40
photo_camera Fonte: Reprodução

O criador do jogo Minecraft, Markus Persson (também conhecido como "Notch"), vendeu a Mojang para a Microsoft por US$ 2,5 bilhões. Ele conta com uma fortuna estimada de US$ 1,3 bilhão, de acordo com a Forbes.

Mas ao contrário do que muitos pensam, Notch não está se saindo bem na "função" de ser bilionário. Ele desabafou em seu perfil oficial no Twitter que nunca se sentiu tão isolado quanto em um dia no qual ele saiu com amigos e pessoas famosas em Ibiza e podia fazer o que quisesse.

Ele ainda desabafou sobre os ex-empregados de sua antiga empresa. "Quando nós vendemos a companhia, o maior esforço foi para garantir que os funcionários fossem bem cuidados, e agora todos me odeiam". Notch recebeu notificações na Justiça de alguns funcionários mesmo depois de ter distribuído cerca de R$ 850 mil da própria parte do negócio a cada um deles. O desenvolvedor diz que foi chamado de "pão duro".

O empresário ainda comentou que suas relações interpessoais se tornaram impossíveis com seu dia a dia de bilionário. Em um dos casos, ele diz que encontrou uma ótima garota, mas que ela teve medo dele e do seu estilo de vida e preferiu uma pessoa normal.

Mesmo com as mensagens em tom de solidão, Notch recebeu o apoio dos usuários e acredita que tudo isso é uma fase. "Pessoas que fizeram sucesso repentino estão me dizendo que isso é normal e que vai passar. É bom saber disso! Acho que vou tomar um banho, então", brincou.

Veja abaixo a sequência de tweets enviados pelo criador de Minecraft:

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.