Consumo de streaming por brasileiros dobrou desde 2011

Por Redação | 11.09.2015 às 09:20

Seguindo uma tendência mundial, o uso de serviços de streaming como Netflix, YouTube e outros também vem crescendo por aqui de maneira bastante significativa. De acordo com dados divulgados pela Ericsson, usuários brasileiros gastam hoje, em média, cinco horas de seu dia consumindo algum tipo de conteúdo transmitido pela internet.

O número representa o dobro do registrado em 2011, quando o estudo começou a ser feito, e acompanha um crescimento que se vê também no exterior. O Brasil, por sinal, está praticamente em pé de igualdade com outros países do mundo, já que a média global de consumo é de seis horas por dia.

A Ericsson aponta a insatisfação com a programação de televisão tradicional como o principal motivo para esse crescimento bastante acentuado. Para o instituto, 66% dos consumidores brasileiros de streaming afirmam terem dificuldades para encontrar algo de bom para assistir na TV, mesmo em pacotes de canais por assinatura, e, por isso, acabam recorrendo à internet como opção.

A praticidade de acessar o conteúdo, que pode ser visto a qualquer momento e de qualquer lugar, com pausas sempre que o usuário precisar, também são encaradas como fatores positivos para o streaming. O valor de assinaturas também é importante, já que, normalmente, uma mensalidade da Netflix, por exemplo, é algumas vezes menor que o pagamento de um pacote de TV a cabo.

A pesquisa da Ericsson também revelou dados sobre os hábitos dos consumidores globais. Em todo o mundo, 61% das pessoas utilizam dispositivos como smartphones ou tablets para assistir a filmes e séries por streaming, outro dado que também teve bastante aumento. Com relação a 2012, por exemplo, esse aumento foi de 71% e a tendência é que esse número também continue crescendo pelos anos que virão.

Fonte: IP News