Conheça termos em inglês que surgiram por causa da Internet

Por Redação | 14.12.2015 às 08:30

Mouse, hacker, e-mail, software, hardware… são diversas as palavras em inglês surgidas após a revolução dos computadores pessoais que usamos diariamente, mesmo que nosso idioma natal seja o português. Como a língua é parte da cultura de um povo, novas palavras e expressões surgem com enorme velocidade nos dias atuais, acompanhando a velocidade do avanço da tecnologia.

Rosângela Souza, fundadora e sócia-diretora de duas ferramentas online de idiomas - a Companhia de Idiomas e o ProfCerto - elaborou uma relação para o portal da revista Exame com oito termos em inglês que nasceram na era pós-Internet e retratam práticas e situações específicas do mundo virtual.

1. E-quaintance

Em inglês, é utilizada a palavra “acquaintance” para designar aquelas pessoas que são somente conhecidas, não sendo propriamente amigas. Então o termo “e-quaintance” surgiu para definir aqueles que são somente conhecidos virtuais.

2. Hacktivist

Junção das palavras “hacker” e “activist” (ativista). Sendo assim, o “hacktivist” é aquele especialista em manipular dados e informações na internet - muitas vezes ilegalmente - para promover causas sociais, políticas, econômicas e ambientais. O equivalente a um “hacker do bem”, digamos.

3. Bashtag

A expressão surgiu da junção de outros dois termos modernos: “bash” (criticar) e “hashtag”. Então quando você publica um desabafo no Twitter, por exemplo, seguido de hashtags do tipo “#ProntoFalei” você está usando uma “bashtag”.

4. E-cruitment

Termo usado para definir recrutamentos profissionais realizados por meio de plataformas online, cada vez mais populares - deixando a já antiga prática de enviar currículos anexos por e-mail de lado.

5. Nonliners

Sabe aquelas pessoas (cada vez mais raras) que quase não usam a internet, estão de fora das redes sociais e preferem realizar compras e transações bancárias pessoalmente em estabelecimentos físicos? Pois então, esses indivíduos podem ser chamados de “nonliners”, algo como “não onliners”. O termo também pode ser aplicado àquelas pessoas que não usam tanto a internet por conta de falta de recursos.

6. e-Stalker

Em inglês, o verbo “to stalk” significa “perseguir”; então um “stalker” é um “perseguidor”. Logo, aquela pessoa que persegue outra na internet, “fuçando” suas redes sociais e investigando publicações antigas, fotos com amigos e familiares, etc, pode ser chamada de “e-stalker”.

7. Wiki

Lançada em 2001, a Wikipedia revolucionou a forma com que pesquisamos sobre os mais diversos assuntos, termos, palavras e personalidades na internet. A ferramenta é uma enciclopédia virtual multilíngua colaborativa e seu sucesso fez com que o termo “wiki” virasse sinônimo para qualquer página na web que permita a contribuição coletiva de informações a respeito de um determinado assunto.

8. Netiqueta

Significa “etiqueta na net”, ou seja, o termo representa tudo o que pode ser considerado norma de boa convivência entre os usuários da rede mundial de computadores.

Fonte: Exame