Como limpar os resultados com o seu nome nos buscadores on-line

Por Colaborador externo | 04 de Dezembro de 2015 às 11h58

Por Julia Sousa*

Sem dúvida, você já foi avisado para tomar cuidado com o que coloca na internet. Fotos, mensagens trocadas na mídia social, comentários em sites e qualquer outro tipo de exposição on-line, podem lhe custar um emprego, o sucesso de uma empresa e até a realização de um sonho. Mas o que você pode fazer para se certificar que a sua reputação na web não seja prejudicada?

Dados divulgados pelo IBGE neste ano mostram que metade da população brasileira já está conectada à internet e nosso país lidera o uso de redes sociais em todo o mundo. Mesmo assim, 74% das empresas no Brasil ainda não se preocupam em gerar uma percepção positiva nos sites de busca, segundo dados de uma consultoria em comunicação. E, por isso, a reputação das concorrentes internacionais é quase quatro vezes maior do que a das empresas brasileiras com melhor imagem on-line.

No caso de grandes empresas e pessoas públicas, o mais indicado é contratar profissionais especializados nesse tipo de serviço, para cuidar da sua reputação na internet. De toda forma, existem alguns passos simples que você pode tomar para ter certeza de que, quando seu nome é buscado no Google, por exemplo, nada do que você não gostaria que fosse a público apareça. Aqui vão algumas dicas:

1. Certifique-se que você está não está “logado” em nenhum navegador

O primeiro passo antes de buscar o seu nome na internet é ter a certeza que não está logado em nenhum navegador e o histórico de pesquisa está totalmente limpo. Apenas dessa forma, você conseguirá visualizar o que qualquer pessoa do mundo encontra nos sites de busca quando digitam seu nome. Caso contrário, o Google, por exemplo, fornece resultados de pesquisa personalizados para você que, muitas vezes, não retratam o que realmente aparece para as outras pessoas.

2. Identificar resultados problemáticos e remover o que puder

Navegue, com atenção, por todas as primeiras páginas de resultado e veja se encontra quaisquer comentários, imagens, mensagens negativas ou, até mesmo, dados pessoais que você não gostaria que fossem públicos.

Informações que estão na sua própria mídia social podem ser removidas imediatamente por você mesmo, através das configurações de privacidade da rede. Saiba que o padrão de toda mídia social é criar o seu perfil público e depende de você alterar as configurações manualmente para proteger seu conteúdo.

Comentários negativos divulgados em sites ou pela imprensa são dificilmente removidos e não dependem de você. Porém, existem maneiras de impedir que eles estejam nas primeiras páginas de resultado.

E se você não encontrar nada desfavorável, as próximas dicas servirão para ajudá-lo a proteger seus resultados de busca de qualquer coisa que aparecer no futuro.

3. Desenvolver um novo conteúdo

Ao desenvolver um novo conteúdo, você cria um algoritmo na internet, que é altamente classificado pelo Google como conteúdo relevante. Você pode criar um site pessoal, um blog ou mesmo um hospedeiro com seu currículo e algumas informações. O mais indicado é comprar um domínio com seu próprio nome, o que chama ainda mais atenção dos sites de busca.

Além disso, é interessante criar todas as principais contas de mídia social que existem, como Facebook, Twitter e Instagram. Esses sites também são bem classificados nas buscas do Google. Não se esqueça de atualizá-los com frequência, pois os sites de busca gostam de conteúdos novos. Não deixe também de personalizar as configurações de privacidade para apenas o conteúdo desejado aparecer publicamente.

4. Verifique os sites corretores de dados

Existem os chamados corretores de dados on-line, como o PeopleSmart, Intelius, Pipl Spokeo, ZoomInfo e Whitepages. Esses sites conseguem obter suas informações pessoais através de mídias sociais, registros públicos, cadastros em sites e as tornam públicas na rede. Por isso, é importante que você verifique todos esses sites com certa frequência, pois mesmo que você remova todas as suas informações uma vez, eles podem criar outro perfil, sem sua autorização, no futuro.

5. Seja proativo

No caso de fotos ou informações divulgadas que você não pode controlar, adote uma atitude proativa. Primeiro, entre em contato com os administradores do site em questão e solicite a remoção do conteúdo indesejado.

Se essa abordagem não funcionar, procure um advogado que possa ajudá-lo na elaboração de um aviso de remoção. E não se esqueça de verificar as leis que envolvem esse tipo de situação. Em alguns casos de exposição existem ações legais a serem tomadas.

*Por Julia Sousa, diretora de desenvolvimento de negócios da Status Labs - empresa de gerenciamento de reputação on-line, marketing digital e relações públicas dos Estados Unidos.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.