Campanha de Trump para 2020 pode estar usando ex-Cambridge Analytica

Por Patrícia Gnipper | 15 de Junho de 2018 às 18h45

A Data Propria, empresa de análise de dados liderada por um ex-funcionário da Cambridge Analytica, estaria trabalhando na campanha de Donald Trump para as eleições norte-americanas de 2020. As informações são da Associated Press, que revela que a empresa estaria trabalhando "no mesmo caminho" da Cambridge Analytica — que usou indevidamente dados de milhares de usuários do Facebook na campanha de Trump em 2016.

Contudo, o diretor da Data Propria, Matt Oczkowski, negou a informação. Segundo a agência de notícias, a empresa, aberta no final do ano passado, já contaria com pelo menos quatro ex-funcionários da Cambridge, como o próprio diretor. A Data Propria usa dados e ciência comportamental para segmentar usuários da internet com anúncios políticos, e, apesar de negar a participação na campanha futura de Trump, confirmou que tem um contrato "modesto" com o Comitê Nacional Republicano para as eleições de meio de ano de 2018.

Em 2016, a Cambridge Analytica usou sua ciência de dados para manipular eleitores durante a campanha daquele ano. Oczkowski tentou amenizar as semelhanças entre o que sua ex-empresa fez, em comparação com a atuação da Data Propria atualmente, dizendo que sua nova companhia vai se ater à análise de dados padrão, sem ficar nos holofotes de mais um escândalo envolvendo uso indevido de dados de usuários de plataformas na internet.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.