BitTorrent lança serviço oficial de streaming de vídeo

Por Redação | 17 de Maio de 2016 às 13h29

A BitTorrent acaba de anunciar o lançamento de uma plataforma de streaming de vídeo multicanal que chega inicialmente para Apple TV. Em junho, o BitTorrent Live deve ganhar versões para Android, iOS e OS X, e há ainda uma versão para Windows que chegará em breve. A ideia do novo serviço é simples: funcionar como uma plataforma para agregar conteúdo ao vivo transmitido a partir de inúmeros canais dedicados à web.

Se o nome BitTorrent Live soa familiar, faz sentido. Isso porque a companhia já havia lançado uma iniciativa homônima em março de 2013, que era basicamente a aplicação do protocolo P2P ao streaming massivo — mas existiu por pouco tempo e jamais ultrapassou o caráter de teste. Desta vez, o serviço está pronto e seu foco permanece na construção de um aplicativo que usa este protocolo na prática.

A ideia da BitTorrent é modificar a forma como se comportam as transmissões ao vivo realizadas via web. Segundo um porta-voz da empresa disse ao VentureBeat, “há um problema recorrente [no streaming ao vivo] de desempenho e monetização”. Assim, a intenção é criar um ambiente sustentável tanto do ponto de vista econômico quanto do ponto de vista de infraestrutura.

BitTorrent Live

BitTorrent Live quer revolcionar o streaming ao vivo. (Foto: Divulgação/BitTorrent)

Tecnologia de ponta e P2P

O novo serviço é gratuito e vai estrear com um conjunto de 14 canais divididos por cinco categorias: notícias, esportes, música, tecnologia e cultura jovem. De fato, nenhum destes conteúdos é inédito, mas, agora, eles passam a transmitir de forma agregada à plataforma BitTorrent Live, baseada na arquitetura P2P dedicada ao streaming ao vivo patenteada pela BitTorrent e que promete entregar conteúdos com latência de menos de 10 segundos.

Além disso, este novo recurso dispensa a contratação de uma grande infraestrutura de CDN por parte de quem transmite, garantindo benefícios para todos os lados envolvidos em uma transmissão ao vivo. Seguindo a lógica das tecnologias P2P, é provável que quem assiste a um conteúdo também funcione como transmissor daquilo tudo, algo bem interessante por permitir a criação de uma rede de conexões mais saudável, digamos assim.

A aplicação, que chega à AppleTV na próxima semana, ainda está com cara de demonstração, com poucos serviços relevantes e deixando clara a impressão de que muita coisa precisa ser melhorada, especialmente na questão de relacionamento e parcerias. Mas a BitTorrent promete que, em breve, outros serviços e funcionalidades serão adicionadas ao serviço, como suporte para conteúdo negociado via pay-per-view, assinaturas e publicidade.

Via: VentureBeat

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.