Bill Gates lidera novo fundo de US$ 1 bilhão no combate às mudanças climáticas

Por Redação | 12.12.2016 às 09:01
photo_camera Divulgação

Ao contrário da resistência do recém-eleito presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em cooperar com medidas de combate ao aquecimento global, em nome da criação de empregos, um grupo de líderes empresariais não pouparão esforços nem dinheiro para cooperar com o clima mundial.

Liderado pelo filantropo e cofundador da Microsoft, Bill Gates, um novo fundo chamado Breakthrough Energy Ventures (BEV) irá investir US$ 1 bilhão nos próximos 20 anos em tecnologias de energia limpa com o objetivo de reduzir em quase zero as emissões de gases de efeito estufa.

Outros nomes de peso da indústria de tecnologia tais como o fundador do gigante chinês Alibaba, Jack Ma, o CEO da Amazon, Jeff Bezos, e o cofundador da SAP, Hasso Plattner, também fazem parte do grupo. De acordo com estimativas da Bloomberg e Forbes, todos os investidores têm um patrimônio líquido combinado de US$ 170 bilhões.

"Estou honrado em trabalhar junto com esses investidores para construir a base poderosa do investimento público na pesquisa básica", disse Bill Gates, presidente da BEV, em um comunicado na noite de domingo, 11. "Nosso objetivo é construir empresas que ajudarão a entregar a próxima geração de energia confiável, acessível e livre de emissões para o mundo".

O novo fundo é parte da iniciativa Breakthrough Energy Coalition, que Gates lançou em dezembro de 2015 em um esforço para reunir um grupo global de investidores que estavam comprometidos com o desenvolvimento de um anova geração de tecnologias energéticas.

Embora detalhes sobre quais áreas o BEV vai focar inicialmente ainda estão em segredo, muitos acreditam que armazenamento de energia pode ser um dos primeiros investimentos. O próprio Gates já investiu pessoalmente em tal tecnologia e um eficiente armazenamento de energia abre porta para avanços ainda maiores em energia limpa.

Fonte: Quartz