Aproveita que é de graça! Dicas gratuitas da semana (29/03/2018)

Quinta-feira, 29 de março, véspera de feriado! E feriado de sexta-feira significa o quê? Isso mesmo, três dias de folga! Mas isso também significa outra coisa: para curtir o feriado prolongado, haja dinheiro no bolso! Mas e agora, já que o pagamento do salário de grande parte dos trabalhadores só cai na próxima semana?

Se você vai precisar economizar os últimos "tostões" nesse fim de mês, e decidiu ficar em casa no feriadão, não se preocupe! Aqui vão mais algumas dicas de apps, sites, cursos e serviços gratuitos para você aproveitar na internet.

Aprendendo línguas indígenas

Olha que bacana: a USP decidiu disponibilizar um curso online para a gente aprender línguas indígenas. O curso se divide em duas partes: uma sobre tupi antigo, e outra com o tupi geral (Nheengatu). Desenvolvido pelo professor Eduardo Navarro, especialista nesses idiomas, o curso online ensina a língua indígena que é considerada um patrimônio cultural do Brasil.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

No curso de tupi antigo, o aluno aprende o idioma dos primeiros séculos de colonização do nosso país, tendo acesso aos fundamentos da língua e sua relação com o português atual. Entre os conceitos ensinados, estão vogais, consoantes e semivogais, verbos e preposições, adjetivos e predicados, substantivos, aumentativo e diminutivo – tudo isso com exercícios práticos e exemplos para auxiliar o aprendizado.

(Imagem: Agência Brasil)

Já na segunda parte, que ensina o Nheengatu, o material está disponível em um PDF. No documento, aprendemos a história geral do surgimento da língua, além de conjugar verbos, aprender pronomes pessoais, plurais, artigos, pronomes, e muito mais.

Já quem quiser aperfeiçoar ainda mais seus conhecimentos, pode conferir seus acertos e acompanhar o desempenho do aprendizado com o gabarito do curso completo, e o professor também oferece um vocabulário tupi-português com todas as expressões e palavras essenciais para sua descoberta.

Chega de "kibe"

Você, que produz conteúdo na web, já encontrou alguma publicação copiando e colando na cara dura algo de sua autoria? Isso não é algo incomum de acontecer nas "terras sem lei" da internet, mas você não precisa se preocupar em varrer a internet a cada nova criação publicada: existe um serviço chamado Plagium que serve justamente para isso.

Ufa! O único resultado do trecho pesquisado é somente a nossa própria notícia!

O site permite que você cole um trecho de seu texto e mostra quais publicações encontradas na internet contêm o mesmo conteúdo, "kibando" sem vergonha na cara. A busca rápida gratuita permite que essa pesquisa seja feita de maneira ocasional, bastando colar o texto e clicar para buscar. Mas, quem quiser fazer pesquisas avançadas, precisa assinar o serviço premium, que cobra R$ 0,22 por página.

Lendo mensagens sem o remetente saber

A maioria dos apps do momento informam o remetende de uma mensagem quando a mesma for lida pelo destinatário. Mas, muitas vezes, a gente acaba lendo para ver do que se trata, deixando para responder em outro momento menos turbulento do dia a dia. Só que algumas pessoas ficam ofendidas com isso, achando que você não respondeu por falta de educação.

Com o Unseen, esse problema acabou. O app, disponível para Android, replica as mensagens recebidas para que você as leia sem que a marcação de leitura seja informada ao seu colega. O app funciona com WhatsApp, Messenger e Telegram.

Ele é gratuito, sim, mas com exibição de publicidade. Quem quiser eliminar os anúncios, precisa pagar R$ 3,99.

Aplicando a realidade virtual e aumentada em seus negócios

A popularização de tecnologias como a realidade aumentada e a virtual já está acontecendo. Mais e mais possibilidades de apps e serviços usando essas tendências surgem a cada instante, e as grandes empresas do mercado já apostam alto em tudo isso. Se você tem um negócio e deseja aprender mais sobre como essas tecnologias estão transformando não somente o mercado tecnológico, bem como setores como publicidade, varejo, educação, turismo e saúde, indicamos a leitura do e-book Realidade Virtual e Realidade Aumentada, seus negócios em outra dimensão.

Para baixar, basta preencher um breve cadastro pelo site e solicitar o download. O conteúdo foi desenvolvido pelos especialistas do DOT group, e fala sobre o que é a realidade aumentada, a realidade virtual e a realidade mista, além de explorar o mercado dessas tecnologias e revelar cases de empresas que já se destacam em seu uso.

Relacione-se com quem odeia as mesmas coisas que você

Enquanto o Tinder serve para dar um "match" com pessoas que sejam atraentes à primeira vista, outros apps exploram a possibilidade de se relacionar com pessoas graças a interesses em comum. Existe até app que une as pessoas de acordo com as combinações astrológicas, mas se você odeia signos, talvez o Hater seja o app de relacionamento ideal para o seu caso.

É que este app, disponível para o iOS, tem a premissa de fazer com que pessoas que odeiem as mesmas coisas dêem o famigerado "match" umas com as outras. Em sua descrição, basta registrar tudo o que você odeia, além das coisas que você só não gosta muito e também pode informar aquilo que você gosta ou adora. Então, é só ver as pessoas que odeiam as mesmas coisas que você, e começar um bate-papo caso haja o match.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.