Apple vai divulgar pedidos governamentais de remoção de aplicativos

Por Ramon de Souza | 28 de Maio de 2018 às 10h15
Tudo sobre

Apple

A Apple anunciou em seu último Relatório de Transparência que começará a divulgar em breve o número de requisições governamentais para a exclusão de aplicativos da App Store. Isso permitirá que os internautas saibam quais países mais “perturbam” a Maçã com tal tipo de pedido e também possibilitará a identificação dos softwares que mais sofrem perseguição — e possíveis censuras — das autoridades.

Atualmente, a companhia divulga apenas as requisições para acessar informações de dispositivos (foram 29.718 pedidos desse tipo no último ano, dos quais 79% foram atendidos) e de contas do iCloud (foram 3.358 pedidos, sendo que 82% foram aceitos). Vale a pena lembrar que, ao menos na teoria, a Maçã apenas responde a requisições que realmente tenham validade jurídica, e não por simples tentativa de vigilância contra usuários comuns.

A divulgação de relatórios de transparência não é uma prática exclusiva da Apple — outras grandes empresas de tecnologia também costumam fazer o mesmo. O Twitter, por exemplo, publicou recentemente alguns números de seu último estudo trimestral sobre o assunto, revelando que as autoridades brasileiras pediram informações confidenciais sobre 60 usuários da rede social no trimestre retrasado.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.