YouTuber sueco ganha US$ 4 milhões em 2013 com canal de games

Por Redação | 18 de Junho de 2014 às 13h20

Você já imaginou ganhar dinheiro jogando video game? O sueco Feliz Kjellberg não apenas pensou nisso como foi lá e fez. Hoje, conhecido como PewDiePie, ele é responsável por um canal de jogos com 27,7 milhões de inscritos e, de acordo com dados do norte-americano The Wall Street Journal, ganhou US$ 4 milhões em receitas de publicidade apenas ao longo de 2013.

Ele também é detentor do título não apenas de maior canal de games do YouTube, como também é a estrela do maior perfil entre todos os disponíveis na plataforma. Sozinho, é responsável por mais de 300 milhões de visualizações por mês, com vídeos onde, basicamente, testa jogos eletrônicos, dá risada e emite opiniões sobre os principais títulos do mercado. Sua voz bastante característica e as reações exageradas e bastante hilárias são as principais marcas.

Tudo isso com apenas 24 anos. Hoje, ele é um dos principais nomes da Maker Studios, uma rede de “YouTubers” que, no início do ano, foi comprada pela Disney em um negócio que serviu para validar definitivamente o YouTube como um meio legítimo não apenas de produção de conteúdo, mas também como trabalho e uma ótima forma de se ganhar dinheiro.

Apesar de todos esses números impressionantes, recordes e a certeza do sucesso, PewDiePie aparenta ser alguém extremamente humilde. Mesmo com a fortuna – a reportagem não afirma exatamente quanto foi parar no bolso do produtor de conteúdo –, ele continua morando em um pequeno apartamento em Londres, no Reino Unido, de onde faz a grande maioria de seus vídeos.

Além disso, ele conta que já estaria satisfeito com um sucesso bem menor, já que vê que sua esmagadora popularidade o afastou de um contato mais direto com os fãs. Para ele, um canal com “apenas” cinco milhões de assinantes seria o ideal, já que números tão estrondosos quanto os que ele vem obtendo levam muitos críticos a questionarem seus métodos para chegar a um patamar tão alto. E isso, afirma, é algo que o incomoda bastante, apesar de ele dizer tentar ao máximo não deixar que isso influencie. Uma tarefa na qual, aparentemente, ele vem tendo êxito.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.