YouTube deve ganhar serviço pago ainda esta semana, afirma jornal

Por Redação | 06.05.2013 às 11:05 - atualizado em 06.05.2013 às 13:27

Há algum tempo, rumores afirmam que o Google estaria interessado em lançar um serviço de assinatura para o YouTube e uma reportagem do jornal The Financial Times afirma que o produto está próximo de ser lançado, podendo ser anunciado em algum momento ainda nesta semana. O objetivo por trás do serviço é levar mais conteúdos à plataforma de vídeos e ajudar os parceiros a encontrarem novas formas de monetização.

Fontes ligadas à empresa afirmaram à reportagem que o Google prepara a introdução de 50 canais em seu serviço pago e permitirá a inscrição individual em cada canal por uma taxa de US$ 1,99 (R$ 4) ao mês. Com o novo serviço, o YouTube poderá entrar em um mercado dominado por outros players como o Netflix, que oferecem streaming de conteúdo ilimitado para seus usuários sem anúncios mediante o pagamento de uma mensalidade.

Atualmente, a companhia oferece para alguns canais parceiros, em países selecionados, a possibilidade de disponibilizar seu conteúdo mediante aluguel, onde os usuários podem pagar para assistir determinados vídeos por um período específico e sem publicidade agregada através do YouTube.

Leia também: Usuários já assistem a mais de 6 bilhões de horas de vídeos por mês no YouTube

A assessoria de impresa do YouTube afirmou em nota oficial enviada ao site CNET que "não tem nada para anunciar neste momento". A empresa apenas reiterou o que já havia dito sobre os rumores acerca do lançamento de um serviço pago afirmando que está "buscando a criação de uma plataforma de subscrição que poderia trazer ainda mais conteúdos para o YouTube para os nossos usuários desfrutarem e para os criadores encontrarem uma nova forma de gerar receita a partir dos seus conteúdos, além dos modelos de aluguel e de anúncios que já oferecemos".

E você, pagaria para ter acesso ao conteúdo de algum canal no YouTube? Conte para nós nos comentários!