YouTube agora classifica vídeos por tempo assistido, e não por cliques

Por Redação | 13 de Outubro de 2012 às 14h50

O esforço contínuo do YouTube para manter os visitantes em suas páginas por mais tempo sofreu uma reviravolta. A partir de agora, o o site resolveu classificar os vídeos não por número de cliques, mas por quanto tempo as pessoas os assistem. Saiu na CNET.

Com a nova metodologia, fica mais difícil burlar o sistema, como muitos usuários fazem ao escolher uma imagem provocativa para o vídeo, na tentativa de conseguir mais cliques, como isca para o espectador. Em vez disso, os criadores de vídeos deverão dançar conforme a música e provar que seu conteúdo é realmente interessante. Se for, eles serão recompensados por usuários que se importarão e gastarão alguns minutos de seu tempo assistindo àquele vídeo.

Tal medida segue a linha de uma alteração similar que o YouTube fez para apresentar vídeos sugeridos este ano. "Estas alterações fazem emergir os vídeos que os usuários estão, de fato, assistindo, ao invés daqueles que recebem apenas cliques e são abandonados", disse o gigante dos vídeos na época.

Para ajudar os criadores de vídeos a se adaptarem com o novo sistema, o YouTube adicionou uma métrica de "tempo assistido" ao YouTube Analytics.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.