WordPress completa 10 anos hoje (28) e continua a transformar a web

Por Redação | 28 de Maio de 2013 às 15h20
photo_camera 1st Web Designer

A plataforma de blogs e gerenciamento de conteúdo WordPress completa 10 anos de vida nesta terça-feira (28), apresentando uma evolução substancial da plataforma básica de blogs para algo que ajudou a moldar as formas como nos comunicamos atualmente na internet, bem como a tornar pessoas e empresas mais sociais.

Fundado por Matt Mullenweg e Mike Little, o WordPress trouxe um novo formato de plataforma em código aberto permitindo que qualquer pessoa possa aplicar as mudanças necessárias na interface do seu blog e em suas ferramentas, garantindo assim o funcionamento ideal da página para cada tipo de conteúdo ou objetivo dos usuários. E como é um código aberto, os usuários não precisam de uma aprovação prévia para acrescentar novos temas ou plug-ins de terceiros. A última versão do WordPress já foi baixada mais de 21 milhões de vezes, segundo informações do The Next Web.

"Já se passaram 10 anos mesmo? Parece que foi ontem que estávamos brincando com o meu blog, e com os blogs de alguns amigos do ensino médio. Dois desses amigos estão casados, um não mais, dois ainda estão tentando descobrir como as coisas funcionam, e um faleceu", escreveu Matt Mullenweg em seu blog oficial. "Você era fofo antes de se tornar bonito. Vestindo branco e preto, com medo das cores, tentando ser despretensioso. Eu sei que você ficou com inveja quando eu usava aquelas camisetas do Blogger. Ele era o garoto descolado da SXSW e eu pensei que você talvez pudesse crescer para ser como ele. Você não teria suas próprias camisetas por mais alguns anos. Nós não tínhamos nada em mente quando fizemos as primeiras camisetas com aquele logo enorme. As pessoas as chamavam de camisetas do Superman e zombavam delas. Mas, oh, aquele logo - as curvas combinam tão bem com você".

WordPress 10 anos

Matt Mullenweg (Reprodução: The Next Web)

Quando foi lançado, o WordPress tinha uma série de concorrentes de peso como o Blogger, MySpace, Xangai e LiveJournal, mas a opção de instalar a plataforma de blogs no servidor ou computador dos usuários se mostrou o grande diferencial para este novo serviço. Com este formato, o WordPress se tornou mais simples e adaptável não apenas para os usuários comuns, mas também para empresas e marcas.

O que antes era algo pequeno se tornou um verdadeiro ecossistema adotado por milhares de pessoas ao redor do mundo e, todos os anos, Mullenweg e sua equipe realizam conferências para mostrar ao grande público algumas soluções para a plataforma e seus resultados. Para ter uma ideia, em 2006, realizou-se apenas um WordCamp, como são chamadas as conferências do WordPress, mas, cinco anos depois, esse número aumentou para 52 eventos e, somente no ano passado, foram realizadas 75 conferências com mais de 10 mil participantes inscritos.

Escalada do WordPress

O serviço se tornou muito popular também entre grandes empresas e sites, que têm suas páginas inteiramente construídas na plataforma incluindo CNN, Dow Jones, NBC Sports, TED entre muitos outros. Com o sucesso entre as empresas, o WordPress ganhou até uma versão premium para atender melhor às necessidades dessas companhias. Atualmente, a Royal Pingdom estima que o WordPress detenha 52% do mercado de blogs superando outras plataformas como Durpal, Gawker, BlogSmith, Movable Type, TypePad, Blogger, Jomla e Tumblr.

WordPress 10 anos

A empresa afirma que abriga atualmente 66 milhões de sites, escritos em mais de 120 idiomas diferentes e, segundo a Automattic, empresa-mãe do WordPress, todos os meses 368 milhões de pessoas ao redor do mundo visitam cerca de 4,1 bilhões de páginas hospedadas no WordPress.com, solução gratuita de blogs da companhia.

Comunicação

O WordPress foi uma das primeiras plataformas a transformar a maneira como as pessoas se comunicam na internet e, claro, colocar muitas empresas em posições de interação sociais aprimoradas e garantindo uma comunicação mais eficaz com seus clientes. A questão social vai um pouco além das redes sociais que nós conhecemos (Twitter, Facebook, Google+ e outras), e também está relacionada às facilidades de interação através de sites de empresas com seus consumidores, fornecedores e parceiros.

A introdução de aplicativos móveis também ampliou os meios de comunicação dos administradores de páginas com seus clientes, que podem responder comentários e postar novidades através de seus smartphones e tablets — ferramenta esta ideal para uma plataforma que gerencia cerca de 16,7% de toda a Web.

Competição

Os principais desafios para o futuro do WordPress devem ser lidar com novos concorrentes como, por exemplo, o Posterous e o Tumblr, que foram recentemente adquiridos por Twitter e Yahoo!, respectivamente. Mas, a competição não para por aí e a plataforma está enfrentando a concorrência de serviços como Medium, Svbtle, Quora e até do próprio Facebook.

Muitos se perguntam se a aquisição do Tumblr pelo Yahoo! pode ser tornar um grande problema para o WordPress e, segundo Matt Mullenweg, a situação pode não ser tão preocupante. Logo após o anúncio da aquisição, Mullenweg afirmou que os servidores de sua plataforma notaram um aumento na migração de conteúdos do Tumblr para o WordPress, de uma média de 400 a 600 postagens por hora para mais de 72 mil.

Os últimos 10 anos foram generosos para a companhia que continua crescendo, gerando caixa e se mantendo saudável no mercado. "Eu vejo você em todo o mundo agora, brilhando nas telas, reunindo pessoas em reuniões e na WordCamp — você está no seu melhor momento quando faz isso. Você é minha musa; você me inspira e eu vi você inspirar muitas outras pessoas. Você se tornou uma parte da vida das pessoas e eles se tornam parte de você. Espero que consigamos envelhecer juntos", concluiu Mullenweg em sua postagem comemorativa.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.