Universidades paulistas ganharão internet com até 40 Gbps de velocidade

Por Redação | 07 de Março de 2013 às 15h12

As principais universidades e centros de pesquisa do estado de São Paulo ganharão uma conexão com a internet até 50 vezes mais rápida do que a atual, podendo atingir até 40 Gbps de velocidade. A atualização na rede Ipê, exclusiva para o meio acadêmico, foi anunciada nesta quarta-feira (6) em Brasília pela parceria entre a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa, Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e a operadora Telefônica/Vivo.

A rede Ipê, uma rede acadêmica sem fins comerciais, foi criada em 2005 pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa e é supervisionada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Entre os campi universitários que receberão a nova conexão estão a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar); o Inpe, do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp); o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA); o Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI/MCTI) e o Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) da Universidade de São Paulo (USP).

A conexão instalada nos centros irá de 1 a 40 Gbps e permitirá que os acadêmicos e alunos tenham acesso a conexão rápida e vídeos em alta definição durante seus trabalhos de pesquisa. Ainda durante o lançamento do projeto, o ministro do MCTI, Marco Antonio Raupp, ressaltou a importância de parcerias para o desenvolvimetno e a manutenção de uma infraestrutura tecnológica e de comunicações no Brasil.

Assista Agora: Gestor, descubra os 5 problemas que suas concorrentes certamente terão em 2019. Comece 2019 em uma nova realidade.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.