Universidades paulistas ganharão internet com até 40 Gbps de velocidade

Por Redação | 07 de Março de 2013 às 15h12

As principais universidades e centros de pesquisa do estado de São Paulo ganharão uma conexão com a internet até 50 vezes mais rápida do que a atual, podendo atingir até 40 Gbps de velocidade. A atualização na rede Ipê, exclusiva para o meio acadêmico, foi anunciada nesta quarta-feira (6) em Brasília pela parceria entre a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa, Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e a operadora Telefônica/Vivo.

A rede Ipê, uma rede acadêmica sem fins comerciais, foi criada em 2005 pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa e é supervisionada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Entre os campi universitários que receberão a nova conexão estão a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar); o Inpe, do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp); o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA); o Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI/MCTI) e o Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) da Universidade de São Paulo (USP).

A conexão instalada nos centros irá de 1 a 40 Gbps e permitirá que os acadêmicos e alunos tenham acesso a conexão rápida e vídeos em alta definição durante seus trabalhos de pesquisa. Ainda durante o lançamento do projeto, o ministro do MCTI, Marco Antonio Raupp, ressaltou a importância de parcerias para o desenvolvimetno e a manutenção de uma infraestrutura tecnológica e de comunicações no Brasil.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.