Trabalhadores passam mais de 650 horas por ano respondendo e enviando e-mails

Por Redação | 07 de Agosto de 2012 às 13h25

Uma pesquisa realizada pelo McKinsey Global Institute afirma que os trabalhadores passam mais de 650 horas por ano respondendo e enviando e-mails corporativos, o equivalente a passar um quarto da sua semana realizando apenas essa atividade.

Pesquisa e-mail trabalho

A pesquisa afirma que o uso de redes sociais no trabalho pode aumentar a produtividade dos funcionários

O levantamento visa avaliar a presença de ferramentas sociais em quatro ramos profissionais diferentes do comércio, ferramentas estas que podem aprimorar o rendimento dos funcionários e elevar sua produção. O Instituto ressalta que, com a adoção desses recursos, poderiam aumentar sua renda anual estimada de US$ 900 milhões para US$ 1, 3 trilhões.

De acordo com o The Atlantic, em média, os funcionários passam 13 horas semanais gerenciando e-mails ou 28% do seu período de trabalho. Ao longo do ano, todos os trabalhadores passarão mais de 650 horas nessa função.

"Quando as empresas utilizam mídias sociais internamente, as mensagens se tornam conteúdo; um registro afirma que o conhecimento pode reduzir em até 35% o tempo gasto à procura de informações sobre a empresa. O valor adicional pode ser realizado através de uma colaboração mais rápida e eficiente, tanto dentro como entre empresas", afirma o instituto.

A pesquisa ainda afirma que se o tempo gasto com e-mails fosse substituído por interação social entre os funcionários, a empresa iria lucrar mais e entrar mais em contato com seu público alvo. Além disso, as redes sociais são capazes de tornar a hierarquia da companhia mais aberta e fazer com que os empregados compartilhem mais suas ideias e opiniões.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.