Testes com rede LTE-A no Japão atingem velocidades de 770 MB/s

Por Redação | 16 de Setembro de 2013 às 17h22

No Japão, testes de uma rede Long Term Evolution-Advanced (LTE-A) atingiram velocidades incríveis que podem em breve chegar a redes móveis e, consequentemente, a nossos smartphones e tablets.

Os testes foram conduzidos em Tóquio, no distrito de Ginza. A rede LTE-A testada utilizou a banda de 3,5 GHz e atingiu picos de velocidade de 770 Mb/s, com velocidade média de 500 Mb/s. A demonstração foi feita como parte de um seminário em Tóquio com participação de empresas como Softbank e China Mobile, além de Alcatel, ZTE, Ericsson e Nokia Solutions and Networks.

A gigante chinesa Huawei alega que ajudou a construir a rede. A empresa, que vem crescendo no mercado de smartphones, é também a segunda maior provedora de equipamentos de telecomunicações do mundo, atrás apenas da Ericsson.

Mas não adianta se empolgar demais, já que este tipo de tecnologia poderia demorar muitos anos para chegar por aqui. No Japão, onde as redes 4G já são muito mais avançadas, a expectativa é que o espectro de 3,5 GHz comece a ser utilizado apenas em 2015.

No Brasil, algumas operadoras que oferecem o 4G LTE (que é ligeiramente diferente do LTE Advanced), prometem velocidades de download de 50 Mbps, enquanto o 3G fica com uma média de 1 Mbps. Mas a realidade parece ser bem diferente. A Proteste (Associação de Consumidores) já chegou até mesmo a organizar protestos em frente à sede da Anatel para cobrar melhorias nos serviços de 3G e 4G no país.

Pelo jeito, redes com download de 500 MB/s ainda são um sonho muito distante por aqui.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.