TIM anuncia parceria com Telebras para compartilhar rede de banda larga

Por Redação | 09.10.2012 às 16:29 - atualizado em 09.10.2012 às 17:27

Na manhã de hoje (09), durante a Futurecom – principal evento de telecomunicações da América Latina -, a TIM e a Telebras anunciaram um acordo para compartilhar a infraestrutura de rede de banda larga. Além disso, as duas empresas já possuem uma parceria para compartilhar a rede móvel fornecida pela TIM, assim é possível oferecer acesso à internet por meio de modems.

Tudo isso faz parte do projeto de expansão do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), que foi instituído pelo governo no ano passado, para oferecer internet a um preço acessível para pessoas com baixa renda.

O plano, no valor de R$ 30, atualmente oferece 1 Mbps e um limite de tráfego de 300 MB. Porém, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse que está negociando um aumento na velocidade e no limite de downloads com as operadoras de telefonia responsáveis por fornecer a conexão.

Operadoras como a Telefônica/Vivo e a Oi já oferecem o serviço de banda larga popular, previsto pelo governo no Plano Nacional de Banda Larga. Um dos grandes desafios da Telebrás tem sido ampliar sua rede de fibra ótica, por isso a empresa tem tentado fechar com algumas companhias para ajudá-la nessa ampliação.

Estima-se um investimento de cerca de R$ 510 milhões por parte da estatal. O valor será distribuído entre a instalação de redes de fibra ótica, a construção de cabos submarinos, a montagem de um satélite geoestacionário em parceria com a Embraer e a criação de centros de internet ultrarrápida para apoiar as cidades-sedes da Copa das Confederações.

Durante a Futurecom 2012, a TIM também apresentou aplicações para grandes e pequenas empresas e reforçou sua oferta de banda larga fixa, destacando ainda seu portfólio de aparelhos.