Street View vai passear na barreira de corais da Austrália

Por André Fogaça | 23 de Fevereiro de 2012 às 15h23

Após o Street View levar as imagens de duas cavernas japonesas para a internet, agora é a vez da Grande Barreira de Coral, na Austrália, a maior formação de corais do mundo e um dos lugares mais belos do planeta. Se você não tem condições para conhecer o local ao vivo, poderá ao menos percorrer alguns trechos com auxílio do serviço do Google.

O projeto, chamado de Catlin Seaview Survey, é o resultado da colaboração entre o Google, a Universidade de Queensland e o grupo Caitlin. O objetivo é criar um diagnóstico da condição de saúde dos corais da região com auxílio de fotografias e filmagens panorâmicas.

Estas imagens serão capturadas com câmeras dotadas de lentes olho de peixe que, combinadas, registram fotos em 360 graus do ambiente. Este aparato está fixado na ponta de uma espécie de pequenino submarino que é operado por uma pessoa logo atrás. Há também registro de imagens mais profundas, de 30 até 100 metros, que são feitas com auxílio de robôs.

Além da saúde dos corais, o grupo pretende estudar o movimento migratório de tartarugas marinhas, tubarões tigre e arraias, para notar se há alguma mudança como consequência do aquecimento global. As fotos ainda não estão disponíveis para consulta, mas a liberação do acesso não deve demorar muito, pois o projeto já está registrando o local desde setembro de 2011.

Além do Street View, o serviço Panoramio também será utilizado para auxiliar na reprodução das fotos e dos vídeos.

Com o Google Street View registrando muito mais do que apenas ruas e estradas, não estaria na hora de mudar o nome do Street View para algo como, Google View?

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.