Startup lança filtro para usuários se livrarem da perseguição dos anunciantes

Por Redação | 19 de Abril de 2013 às 12h05

Seu histórico de navegação na web pode ser bem rentável para diversas empresas que fazem anúncios na internet. A startup californiana 'Disconnect' lançou uma nova ferramenta que promete ajudar os usuários a proteger seu histórico e bloquear o acesso de cerca de duas mil empresas de rastreamento.

A Disconnect já ajudava os usuários a rastrear quem os estava seguindo online, e agora, a nova extensão para Chrome e Firefox expande o serviço e se destina a manter as empresas longe dos seus dados de navegação. A maior parte do monitoramento diz respeito a publicidade. Você já deve ter notado que após navegar por um site que mostra os destinos turísticos de determinado local, não demora para que o anúncio de uma agência de viagens apareça assim que você faz o login no Facebook, por exemplo.

Recentemente, o Facebook anunciou uma parceria com quatro empresas que fazem o trabalho de coleta de dados comportamentais lucrativos, operações de loja de cartões de fidelização, lista de e-mails de clientes e monitoramento de visitas a sites. A ideia da rede social é mostrar para os usuários propagandas baseadas em suas tendências de comportamento online e offline. Isso porque a empresa vai analisar o que eles gostam de comer, que tipo de roupa usam, que lugares frequentam etc.

Saiba mais: O Facebook sabe muito mais a seu respeito do que você imagina

E é aí que o Disconnect entra. Criado há cerca de dois anos por um ex-engenheiro do Google, Brian Kennish, o filtro tenta controlar esse tipo de publicidade direcionada que está cada dia mais popular entre as empresas. Esse filtro é capaz de barrar completamente o rastreamento feito por terceiros, mas isso não significa que você vai parar de ver anúncios saltando em sua tela, significa apenas que eles não serão mais baseados em seu comportamento na web.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.