Serviço indica quais sites permitem assistir conteúdo de streaming legalmente

Por Redação | 12 de Novembro de 2014 às 18h36

Em mais uma etapa de seu combate contra a pirataria e o suporte às ferramentas legítimas de streaming e download de conteúdos, a MPAA lançou a ferramenta Where to Watch, que permite a busca por filmes, documentários ou séries de TV, indicando sites em que é possível assistir ao conteúdo sem precisar recorrer a serviços ilegais.

Também dá para procurar por nomes de atores, diretores ou outros membros da produção, com os resultados aparecendo a partir de diversas fontes. As páginas de resultados trazem informações como capa, elenco e sinopse, além de indicar os serviços disponíveis, quanto eles custam e como ter acesso a eles. Entre as opções estão as plataformas Netflix, Amazon Prime Video e o console Xbox, da Microsoft.

O site também conta com uma lista de filmes que ainda estão por vir, deixando bem claro que eles estão em exibição nos cinemas e, sendo assim, ainda não é permitido assistir esses títulos por streaming. Há também um sistema de sugestões baseado nas opções mais buscadas pelos usuários do Where to Watch. Trailers e conteúdos extras são acessados a partir do YouTube ou outros sites de conteúdo.

Where to Watch

A iniciativa tem sido elogiada por ser um passo na “direção certa”. Em vez de atacar os usuários com processos ou ameaças, a MPAA tenta agora auxiliá-los a encontrar alternativas legítimas e bons serviços para ter acesso a filmes e seriados de televisão. Em uma plataforma totalmente livre de anúncios e focada no conteúdo, a ideia é garantir o acesso ao que se quer assistir sem problemas, na mesma medida em que nenhuma lei é infringida.

A MPAA (Motion Picture Association of America) representa os estúdios e distribuidoras de Hollywood. Normalmente, esta é a instituição responsável por processos contra grandes sites de torrent e serviços de distribuição ilegais.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.