Saiba como apagar o histórico da Netflix

Por Felipe Demartini

A ocultação de históricos e o apagamento de rastros online é uma prática comum nos navegadores, de forma a esconder sites que podem causar constrangimento ou dificultar a vida de pais, casais ou filhos, apenas para citar alguns exemplos. A Netflix também tem uma ferramenta semelhante, com efeitos igualmente parecidos.

Essa é, inclusive, uma das principais vantagens da plataforma. Por meio de uma combinação entre os históricos de seus amigos – desde que, claro, você e eles tenham compartilhado a Netflix com o Facebook – e a própria escolha de títulos, o serviço sugere novos conteúdos para serem assistidos e cria até mesmo categorias bastante específicas, como “filmes de ação com mulheres fortes nascidas até 1980”.

Todos os filmes, séries e shows assistidos recentemente aparecem logo na página inicial do usuário. E é aqui que está a possibilidade de constrangimento já que, apesar de não contar com filmes pornográficos ou explíticos, a Netflix tem sim sua boa cota de produções com temática sexual ou violenta, por exemplo. E a revelação de que um título desse tipo foi assistido recentemente pode causar problemas.

Infelizmente, a Netflix não conta com uma ferramenta de edição do histórico, nem permite que ele seja apagado completamente. A empresa defende essa posição com sua política de sugestão de conteúdo e, para compensar, criou o sistema de perfis para que cada pessoa, em uma conta compartilhada, tenha acesso a um tipo diferente de conteúdo. Ainda assim, as “contas pessoais” não são protegidas individualmente por senha e podem ser acessadas por qualquer um que tenha acesso ao serviço.

Mas nem tudo está perdido. Baseado em uma lista publicada pelo blog Filmes Netflix, o Canaltech apresenta agora uma lista com alguns métodos possíveis para evitar que seus rastros na rede sejam descobertos.

“Desapareçam da minha frente”

Netflix histórico

Caso você não queira que outras pessoas descubram o que você andou assistindo por último, com certeza vai ter como primeira atitude fazer com que os títulos comprometedores desapareçam da página inicial da Netflix. Por padrão, a plataforma mantém registrados os 100 últimos conteúdos vistos por você, mas em todos os dispositivos, a guia “Assistidos Recentemente” exibe apenas os dez mais recentes, no máximo.

Vai dar um pouco de trabalho, mas para se livrar deles, basta apenas abrir novos conteúdos sucessivamente. Um segundo de exibição é suficiente para que o título seja registrado no histórico e comece a aparecer ali, tomando o lugar de um mais antigo. Selecione conteúdos a esmo, mas tome cuidado: séries aparecem como um título único, por mais que você reproduza diversos episódios em sequência.

Além do trabalhão envolvido, esse método pode acabar bagunçando as suas sugestões para o futuro, já que o sistema realmente acreditará que você desejou assistir a tais conteúdos. Além disso, caso a pessoa com quem você compartilha a conta tenha uma real vontade de investigar você, ela pode simplesmente acessar o histórico completo. E aqui, apenas a visualização aleatória de 100 novos conteúdos a cada um comprometedor pode salvá-lo.

Perfis descartáveis

Outra alternativa que pode te dar um certo trabalho, mas com certeza menos do que o acesso a dezenas de conteúdos sucessivamente para apagar os seus rastros, é a criação de um perfil específico para assistir àquele conteúdo que pode acabar te causando problemas. Não é possível apagar o histórico, mas quando um usuário específico é deletado, todo o conteúdo assistido por ele vai junto para a lixeira.

Netflix histórico

O sistema pode ser diferente em cada tipo de dispositivo, mas todos seguem mais ou menos os mesmos parâmetros. Para criar um novo perfil, acesse a conta e, na parte superior direita da tela, selecione a opção “Gerenciar Perfis”. Na sequência, clique em “Adicionar perfil”. Depois, basta dar um nome para que a nova conta seja criada e você possa começar a utilizá-la.

Por mais que esse seja um método mais fácil de apagar seus rastros, leve em conta que o perfil permanecerá aberto e acessível durante todo o tempo em que estiver sendo utilizado. Sendo assim, caso a pessoa de quem você deseja esconder seu histórico acesse a Netflix naquele momento, não apenas poderá ver o que está sendo assistido como também ficará intrigada com a presença de um novo usuário por ali. Use por sua conta e risco.

Ative o controle de pais

Netflix histórico

Esse método de criação de perfis também permite que os pais escondam conteúdos impróprios de seus filhos. Além de ter uma interface toda dedicada a crianças, a Netflix permite que esse sistema separado seja acessado de forma exclusiva pelos pequenos a partir de um perfil dedicado inteiramente a eles.

A alternativa é bastante criticada, já que nada impede que a criança, na hora da inicialização, acesse as contas dos pais ou crie um usuário sem restrições para si. Mas, para os pais, é uma boa alternativa para educar e garantir que apenas os filmes e séries adequados sejam vistos por eles, além de restringir o acesso a filmes impróprios que possam aparecer nos “Assistidos recentemente” de uma conta compartilhada.

Por mais que seja um pedido constante, não existe previsão de adição de um sistema de gerenciamento de histórico pela Netflix. A empresa já negou a existência de desenvolvimentos relacionados ao assunto e não fala sobre voltar atrás nessa decisão.