Próxima geração de DSL pode transmitir até 1 Gbps pelo fio de telefone

Por Redação | 20 de Dezembro de 2013 às 15h00

Uma nova tecnologia pode mudar a internet DSL como a conhecemos. Um novo padrão, chamado G.fast, promete entregar velocidades de transferência de até 1 Gbps, tudo isso utilizando os fios de cobre das linhas telefônicas comuns. Ou seja, nada de instalação de nova infraestrutura, tudo continua funcionando como já é hoje em dia, conforme explica o site Extreme Tech.

O VDSL2, padrão atual, permite velocidades de no máximo 100 Mbps em uma largura de banda de 30 MHz. Isso se deve à forma como as frequências são utilizadas, com diferentes valores para o transporte de dados ou voz, para os telefones convencionais. O G.fast mais do que triplica esse total e o leva a 106 MHz, aumentando assim a eficácia da conexão.

Por outro lado, a nova tecnologia ainda tem seus problemas. A faixa superior onde ela está localizada, por exemplo, entra em conflito com o espectro das rádios FM, o que pode gerar interferências. Além disso, como a frequência usada pela G.fast é muito mais ampla, aumenta a quantidade de linhas cruzadas entre os fios.

O G.fast também deixa as operadoras livres para realizarem cortes na velocidade ou moldar a largura de banda como preferirem, de forma a economizar infraestrutura ou adequar melhor a gama de clientes. Não é a melhor ideia para os consumidores, mas com certeza, uma possibilidade que pode tornar a tecnologia mais fácil de ser adotada em larga escala.

Por enquanto, a novidade ainda está em fase de testes e resolução dos problemas mais comuns. A expectativa é que o G.fast seja finalizado em 2014 e comece a aparecer por aí a partir de 2016.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.