Pornhub cutuca Obama e oferece ajuda para estrutura de TI do Obamacare

Por Redação | 28 de Novembro de 2013 às 09h50

Depois do incidente em outubro com os servidores do healthcare.gov, site de assistência de saúde federal dos Estados Unidos, o presidente Barack Obama recebeu uma oferta de "ajuda". Corey Price, vice-presidente do site pornográfico Pornhub, escreveu uma carta aberta a Obama dizendo que poderia acabar com o problema.

"Como um dos maiores sites de entretenimento adulto e um dos que recebe mais tráfego, o Pornhub.com acredita que sua equipe de talentosos engenheiros pode ajudar a administração Obama a acomodar milhões de usuários simultâneos", afirmou Corey.

"Se possível, eu adoraria discutir como podemos ajudar o governo Obama a atingir seus objetivos e, mais importante, ajudar a levar planos de saúde acessíveis a todos os americanos", completou.

Carta enviada a Obama

Carta do Pornhub a Obama

Contudo, a oferta foi recusada pelo Centro de Cuidados e Serviços Médicos do país. "Eu acredito que seria muito inapropriado e não é algo em que estamos interessados", disse Julie Bataille, porta-voz do centro, em entrevista ao USA Today.

No dia 1º de outubro, o site healthcare.gov, também conhecido como ObamaCare, foi lançado e recebeu uma avalanche de críticas pelo baixo número de internautas suportados. Na última quinta-feira (21), um comitê liderado por membros do partido Republicano divulgou uma série de e-mails que comprovam que os responsáveis técnicos do site sabiam que o endereço só suportava 500 usuários simultâneos.

Especula-se que a carta de Corey foi uma jogada de marketing, o que não seria difícil. Vale lembrar que a empresa inclusive já tentou veicular um anúncio neste ano no intervalo do SuperBowl.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.