Pesquisa: até o final de 2013, 40% da população estará conectada à internet

Por Redação | 10 de Outubro de 2013 às 08h45

Uma nova pesquisa revela que, até o final de 2013, mais de 40% da população mundial terá acesso à internet. Os dados são da União Internacional de Telecomunicações (UIT), agência da ONU especializada em tecnologias da informação e comunicação.

O estudo constatou que a expansão da banda larga sem fio tem permitido que um número maior de usuários em vários países consiga usar a web. A previsão é que esses locais superem os Estados Unidos nos próximos anos no que diz respeito ao tempo de permanência e conectividade online.

O relatório aponta que, a cada cem domicílios, 41,3 tem algum tipo de acesso à internet. Dessa quantidade, 29,5 são assinantes de planos móveis (tablets e celulares). E são as redes móveis as responsáveis pelo rápido crescimento da web: por ano, o acesso feito através de dispositivos portáteis, como notebooks, tablets e smartphones, tem aumentado 40%.

Outro fator que contribui para popularizar o serviço são projetos liderados por empresas como Google e Facebook, que possuem ideias de levar internet para áreas mais remotas e afastadas das grandes cidades. Em agosto, Mark Zuckerberg revelou seus planos de ajudar pessoas que vivem nessas áreas a ter mais contato com o universo online. Já o Project Loon, do Google, pretende usar balões com o mesmo objetivo - e que, inclusive, pode chegar ao Brasil.

De acordo com a UIT, 4,4 bilhões de pessoas no mundo ainda não possuem acesso à internet. Na lista de países mais conectados e com as melhores tecnologias de rede, a Coreia do Sul aparece em primeiro lugar, seguida por Suécia, Islândia, Dinamarca e Finlândia. Os Estados Unidos ocupam a 17º posição do ranking, enquanto o Brasil está no 62º lugar.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.