Orkut Büyükkökten e sua rede social que ainda bomba no Brasil

Por Ultra Downloads | 27.02.2012 às 14:06 - atualizado em 11.07.2012 às 23:43

O nome dele ainda está na ponta da língua de muitos brasileiros. Orkut Büyükkökten (nascido em 6 de fevereiro de 1975), o fundador da rede social que mais bombou no Brasil - e que virou febre principalmente entre 2004 (ano de sua fundação) e 2008 - é engenheiro de software, graduado pela Bilkent University e doutor em Ciência da Computação pela Stanford University (a mesma em que Steve Jobs discursou para os formandos).

Orkut Buyukkokten

Orkut Büyükkökten

Desde 2000, Orkut vem trabalhando em comunidades online e criou, em Stanford no ano de 2001, sua primeira rede social, a Club Nexus. Esta foi a primeira rede social específica em uma Universidade; para fazer parte dela, os estudantes precisavam ser convidados por e-mail, e depois de se tornarem membros, poderiam conversar, exibir seus trabalhos, postar eventos e falar um pouco de si mesmos. Poucos meses depois da criação da Club Nexus, mais de dois mil acadêmicos estavam participando da rede.

Se você pensa que o Orkut foi a segunda rede social de seu xará, está muito enganado. Ele criou, depois da Club Nexus, uma rede chamada inCircle, também para uso na Universidade, onde os alunos formavam grupos de discussão e interesses comuns.

Depois de se juntar ao Google, Orkut tomou uma decisão: dedicar 20% de seu tempo ao desenvolvimento de uma rede social onde as pessoas do mundo todo pudessem trocar ideias e fazer amizades, e a principal premissa dessa rede era causar diferença na vida dos usuários. E ele conseguiu, fundando, desta vez, o orkut.com.

Foco nos Estados Unidos

O principal foco da rede social de Orkut eram os Estados Unidos - ele pensava nos norte-americanos como público alvo, embora quisesse contagiar o mundo todo com sua novíssima rede social. Mas, no final das contas, o Orkut foi tomado em peso por brasileiros e indianos, nesta ordem. Enquanto o Brasil representava praticamente metade dos usuários da rede social, os Estados Unidos participavam com apenas 2% do número de usuários totais, em 2010, segundo o blog do Orkut.

Orkut no Brasil

Tendo visto que a rede social caiu na simpatia do povo brasileiro, Orkut Büyükkökten, em 2007, resolveu visitar nosso país em uma viagem de férias. Graças a nós, brasileiros, ele ficou famoso com sua rede social.

Orkut no Brasil

Orkut em sua visita ao Brasil

Empolgado com a grande audiência, ele mesmo convidou usuários brasileiros para conhecê-lo, participando de grupos de discussão em um hotel no Rio de Janeiro. O convite, criado pelo próprio Orkut Büyükkökten, foi enviado por e-mail a alguns usuários brasilieiros, e dizia: "O Orkut quer conhecer você!". E assim, ele conheceu usuários da rede e membros do Google de São Paulo e Belo Horizonte. Foi um frenesi entre os fãs da rede, e, consequentemente, de seu criador.

A rede social

Orkut

O site de relacionamentos conquistou milhões de pessoas no mundo todo. Filiado ao gigante Google, o Orkut está no ar até hoje. E é fato: não tem como falar de Orkut sem falar do Brasil.

Milhões de internautas brasileiros fizeram seus perfis no Orkut, que no início funcionava na base dos convites (só fazia parte da rede quem era convidado por um membro veterano) criaram comunidades, jogos, álbuns de fotos e trocaram os chamados "scraps" (recados) com seus amigos pela rede.

A rede social atingiu o auge entre 2005 e 2008, tanto que virou febre entre os brasileiros - e deixou de ser restrita a convites. Ter um perfil no Orkut não significava, apenas, ter um tipo de página pessoal na internet; era também um meio de comunicação, pesquisa, descobertas, cultura (de todos os tipos) e diversão. O sucesso em nosso país foi tão grande que, em 2008, o Google Brasil tomava as rédeas da rede nos limites nacionais.

Orkut Google Brasil

Na sede do Google Brasil

O Orkut passou por várias mudanças. A primeira delas, já em abril de 2005, foi a disponibilidade do site de relacionamentos em Português brasileiro. Três anos depois, algumas mudanças chamaram a atenção dos internautas na interface da rede, como a brincadeira com o dia 1 de abril, em que o nome do site foi trocado por "yogurt", pregando uma peça nos usuários em virtude do dia da mentira e também as novas sugestões de amigos.

Yogurt

Primeiro de abril! =)

Em 2009, o site foi totalmente reformulado, ganhando o nome de Novo Orkut. As novidades trouxeram de volta a necessidade de convites para quem quisesse testar o visual novo, bem como agrupamento de recados, o novíssimo feed de notícias, atualizações dos amigos e redefinição do layout. Já era possível alterar a cor da página do perfil pessoal de usuário e, pouco depois, podia-se adicionar temas.

Novo Orkut

O novo Orkut

Depois de sete anos de existência, o Orkut recebeu uma alteração marcante no visual: o site foi melhorado, o logotipo foi remodelado e a maneira de interatividade entre os usuários também recebeu melhorias.

Orkut 2004-2012

Páginas iniciais do Orkut em 2004 e 2012

Orkut hoje em dia

Com o advento do Facebook, notou-se um certo "êxodo" de usuários do Orkut. Quem é fiel ao site permanece com perfil ativo até hoje, mantendo conversas, enviando recados, depoimentos, postando fotos e mensagens.

Porém, o Facebook é hoje a maior rede social do mundo, conquistando mais usuários a cada dia, principalmente brasileiros. A rede de Mark Zuckerberg se tornou a grande rival do Orkut, principalmente pela forte tendência de usuários migrarem do antigo para o novo. Muitos perfis foram deletados ou largados às traças no Orkut. E assim, o Orkut começava a dar indícios de fraqueza durante a guerra silenciosa contra o rival azul.

Mas o Orkut não sucumbiu, pelo menos em nosso país. Os números afirmam que ele ainda detém grande parte dos usuários brasileiros, com aproximadamente 30 milhões. Isso prova que, mesmo com o crescimento bombástico do Facebook, o Orkut continua sendo a rede social mais utilizada no Brasil. E a consequência: o Brasil é o único país do mundo onde o Facebook, maior rede social do planeta, ainda não atraiu mais usuários que o Orkut.

Aí fica a pergunta: será que o brasileiro se acostumou tanto assim às comunidades, espaço marcante do Orkut que não existe no Facebook? Essa parece ser a explicação mais plausível para o sucesso da rede de Büyükkökten aqui no país.

Orkut até tem perfil na rede concorrente, mas é ele o dono da rede social que até hoje mais bomba no Brasil!

Orkut no Facebook

Perfil do Orkut no Facebook! =)