Novos enigmas indicam que Pirate Bay pode mesmo voltar ao ar em fevereiro

Por Redação | 08 de Janeiro de 2015 às 12h58

Os enigmas e mistérios que rondam o Pirate Bay ganharam novidades nesta semana, indicando mais uma vez que o serviço de torrents parece prestes a voltar ao ar. Um contador regressivo indica que algo vai acontecer no dia 1º de fevereiro, e agora, uma animação de um navio pirata indo até seu “quartel general” também foi adicionada à página, no que para muita gente é um indicativo de que a plataforma já encontrou sua nova casa.

Como mostra o site Torrent Freak, a página original do Pirate Bay continua cheia de pistas escondidas. A classe CSS da imagem do navio, por exemplo, traz os dizeres “velas ao vento”, enquanto a foto de destino está cadastrada no servidor como “para a ilha”, completando a frase.

O próprio desenho também traz uma série de indicações a alguns termos conhecidos de quem faz downloads. Além da própria “baia do pirata”, temos a “caverna dos seeders”, o “pântano dos torrents mortos” e o “túmulo da MPAA”, uma provocação clara à organização que protege os direitos autorais de estúdios de cinema e canais de TV. Foram eles os responsáveis pela batida policial que levou ao fechamento do serviço, no fim do ano passado.

As informações de fontes ligadas aos administradores do Pirate Bay dão conta que eles ainda não estão prontos para fazerem um anúncio formal, mas que estão bem adiantados no processo de fazer com que o site volte a funcionar. Ou seja, eles parecem divididos entre a vontade de falar sobre o assunto – daí os enigmas – e a possibilidade de correr novos riscos em revelar alguma coisa que ainda não está completamente certa.

Desde já é sempre bom lembrar: o Pirate Bay não está de volta à ativa e qualquer site que diga ser o serviço – incluindo um que recentemente afirmou estar operando oficialmente a partir de servidores ucranianos – é falso. Caso a plataforma de torrents realmente volte a funcionar, parece que isso vai acontecer por meio de seu endereço original, o www.thepiratebay.se.

Fechado no início do mês de dezembro, um dos principais serviços de torrent do mundo foi alvo de uma batida policial em seus servidores, localizados em um escritório na cidade de Estocolmo, na Suécia. Além disso, um bunker que guardava servidores adicionais também teria sido atingido, em uma ação que envolveu a prisão de pelo menos uma pessoa e a apreensão de equipamentos como computadores e infraestrutura.

As informações preliminares indicavam que o Pirate Bay voltaria a funcionar a partir de um novo endereço na Costa Rica, com uma arquitetura inviolável baseada em cloud computing que manteria o site permanentemente no ar. Mais tarde, a notícia se provou falsa quando foi revelado que os responsáveis pelo novo sistema não têm nada a ver com os administradores originais do serviço.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.