Netflix perde cerca de 2 mil vídeos de seu catálogo

Por Redação | 02.05.2013 às 11:51 - atualizado em 02.05.2013 às 15:21
photo_camera USA Today

O Netflix perdeu nesta quarta-feira (1) 1.749 filmes e programas de televisão que estavam presentes em seu acervo digital. Com isso, os assinantes do serviço de streaming não poderão mais assistir a filmes e séries pela internet produzidos pela Warner Bros., MGM e Universal. As informações são do site Business Insider.

Rumores afirmam que os conteúdos da MGM e da Universal, antes disponíveis no Netflix, serão distribuídos a partir do Warner Archive Instant, serviço de streaming de conteúdo com mensalidade a partir de US$ 10 (R$ 20). A saída desses conteúdos do serviço indica que o Netflix está perdendo acordos de licença muito importantes para a demanda de seus assinantes e, claro, o aumento da sua base de usuários.

"O Netflix é um serviço dinâmico, estamos constantemente atualizando os programas de TV e filmes que estão disponíveis para nossos assinantes. Nós vamos adicionar no dia primeiro de maio mais de 500 novos títulos, este fluxo acontece o tempo todo", afirmou a empresa em comunicado oficial. "Nós estamos mais seletivos com o que está disponível no Netflix. Nós, muitas vezes, licenciamos programas de TV e filmes em uma base de exclusividade, para que possamos proporcionar uma experiência única. Vamos renunciar, ou optar por não renovar, títulos que não são assistidos o suficiente. Nós sempre usamos o nosso conhecimento sobre o que os nossos membros gostam de assistir para determinar o que estará disponível no Netflix. Nosso objetivo é ser um programador especialista, oferecendo uma mistura que encanta nossos membros, ao invés de tentar ser um grande distribuidor".

No último mês, o atual CEO da empresa, Reed Hastings, afirmou que eles estavam considerando não renovar o contrato com a Viacom Networks, que inclui programas da MTV, VH1 entre outros. E se o acordo realmente não for renovado, mais conteúdos deverão deixar o Netflix ao longo deste mês.