Netflix desmente rumores de que bloqueia acesso de assinantes que usam VPNs

Por Redação | 08 de Janeiro de 2015 às 12h53

Na última semana, os usuários da Netflix foram pegos de surpresa com a notícia de que o serviço de streaming poderia ter adotado uma estratégia que bloqueia as contas de quem utiliza serviços de VPN e proxies para acessar conteúdo de outros países. Contudo, Neil Hunt, diretor de produtos da empresa, esteve na CES 2015, em Las Vegas, e desmentiu os rumores de que estaria restringindo o acesso dos internautas.

Segundo informações do CNET, Hunt lembrou que usr VPNs para acessar conteúdo fora de seu país é contra os termos de serviço da Netflix, mas que o serviço não mudou em nada e continua funcionando sem essas tais restrições. Por outro lado, sem dar muitos detalhes, o executivo explicou que, embora não efetue o bloqueio da plataforma, a companhia deixa as VPNs conhecidas em uma "lista negra", de acordo com o que diz os contratos de conteúdo.

O diretor ainda disse que a única mudança recente aconteceu no aplicativo da Netflix para Android. "Adicionamos um mecanismo de proteção para voltar ao DNS do Google caso o nosso DNS não responda. A intenção não é afastar as pessoas de VPN, mas tornar a aplicação mais robusta quando o provedor próprio DNS falhar", afirmou.

De acordo com Hunt, a empresa também está testando a possibilidade de imagens mais ricas para uma melhor experiência do usuário em todas as versões do software, incluindo tablets, smartphones, computadores e TVs.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.