Net disponibiliza banda larga de fibra óptica com 500 Mb/s de velocidade

Por Redação | 03.02.2014 às 19:10

Em meio ao caos e à constante indignação com a velocidade e o serviço limitados da internet brasileira, parece que podemos ter uma esperança de algo melhorar. Ao menos nós, pessoas físicas, já podemos contratar um serviço de internet banda larga, que foi disponibilizado pela NET, com velocidade de 500Mb/s. Uma velocidade bastante interessante se considerarmos que seria somente para uso comum em casa.

Uma velocidade tão alta pode ser um bom sinal de melhora nos serviços. Por outro lado, o preço não é nada baixo e quem quiser ter a banda larga que pode ser considerada a mais rápida de todas as disponibilizadas no Brasil, ao menos neste instante, terá que desenbolsar o equivalente a R$ 799,90 mensais no NET Combo. Fora da promoção, o preço sobe mais ainda: R$ 1.499,90. No entanto, para muitos o valor já compensa, pois além de uma taxa de download alta, a velocidade de upload chega a 100 Mb/s. Uma boa oportunidade para explorar serviços da nuvem, que vem a ser uma tendência do futuro da tecnologia.

Rede de internet global

Para os que pensam que a vida seria perfeita, infelizmente temos que afirmar que não é verdade. É uma utopia dizer que as operadoras de internet brasileiras oferecem 100% da velocidade contratada. Por lei, elas são obrigadas a oferecer pelo menos 30% do valor médio da taxa de download real. Portanto, um contratante de um plano de 500 Mb/s teria de fato uma velocidade mínima de download de 150Mb/s, o que já é uma taxa bastante considerável, mas não teria a garantia de que a velocidade máxima chegaria a 500Mb/s.

Para os contratantes da velocidade de 500 Mb/s, a NET afirma que não fornecerá modem com Wi-Fi, uma vez que a maioria dos equipamentos de uso comum destinados a esta finalidade é insuficiente para atingir a velocidade máxima da rede. As recomendações são para que o cliente utilize a conexão a cabo via Gigabit Ethernet ou através de equipamentos compatíveis com Wi-Fi 802.11ac, tecnologia que promete velocidades de transferência que superam 1 Gb/s, mas são extremamente caras para um usuário comum.

Inicialmente o serviço estará disponível apenas nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.