Mega bloqueia primeiro sistema de buscas por conteúdo pirata dentro de sua base

Por Redação | 01.02.2013 às 12:35

O novo serviço de compartilhamento de conteúdo de Kim DotCom, Mega, bloqueou o primeiro motor de busca por arquivos piratas em seu sistema nesta quinta-feira (31). A ferramenta foi criada por usuários anônimos do serviço e era capaz de indexar todos os arquivos compartilhados no Mega, o que poderia tornar ainda mais fácil de se encontrar conteúdos protegidos por direitos autorais. As informações são do Mashable.

Em menos de 24 horas, o motor, intitulado Mega-Search.me, foi bloqueado e o site não está mais disponível. "Devido a um script desenvolvido pelo Mega para deletar todos os arquivos indexados no Mega-Search, o motor está temporariamente indisponível. Uma solução para corrigir este problema deve ser lançada em breve", afirma a mensagem em francês publicada na página do motor.

Ainda não se sabe quem são os autores do motor, apenas que ele entrou no ar e foi registrado no dia 20 de janeiro - mesmo dia do lançamento oficial do Mega. Como os arquivos presentes no Mega são criptografados, acredita-se que o Mega-Search utilizou uma técnica bem simples de crowdsourcing, ou seja, alguns usuários colaboraram com o motor informando o nome e o link dos arquivos que armazenavam em sua nuvem no Mega.

Ira Rothken, advogado de Kim DotCom, informou à imprensa que o Mega não tem nenhum envolvimento com o motor de busca criado pelos usuários. E ainda segundo informações do The Next Web, a maioria dos arquivos indexados pelo Mega-Search.me era de cópias piratas de filmes, músicas, jogos e software.