Média anual de velocidade de web sobe para 3.9 Mbps; Brasil fica na 87ª posição

Por Redação | 01 de Julho de 2014 às 09h20

A velocidade de Internet vem crescendo constantemente nas últimas temporadas, com taxa de 24% de acréscimo ano a ano. Essa alta eleva a média atual para 3,9 Mbps, com projeção para 4 Mbps no segundo trimestre. Os números fazem parte do relatório dos três primeiros meses de 2014 da Akamai, que costuma divulgar levantamentos sobre o estado da web global.

A Coreia do Sul segue em primeiro lugar no ranking de velocidade de Internet, com média de 23.6 Mbps, diante de 14.6 Mbps do segundo colocado, o Japão. Hong Kong vem em terceiro, com 13.3 Mbps. O Brasil figura na 87ª posição, com média de 2,6 Mbps no primeiro trimestre do ano.

Akamai

Embora fiquem atrás da Coreia do Sul, tanto Japão (12%) quanto Letônia (Latvia - 15%) e Finlândia (18%) demonstraram crescimento sólido, com mais de 10% nos primeiros três meses de 2014.

O levantamento aponta ainda que 98 regiões cobertas pela web também tiveram aumento em suas velocidades médias nesse período, com 39 países indo a mais de 10%. Outras 39 nações, porém, registraram queda, com perdas que variam de 0,1% na França (6 Mbps) para 28% no Nepal (1,1 Mbps).

A adoção de banda larga, as consideradas acima de 10 Mbps, passou dos 20% no mundo no primeiro trimestre em consideração ao ano anterior, e, mais uma vez, quem ficou na frente foi a Coreia do Sul, com 8,2% de alta em relação a 2013.

Akamai

Pela primeira vez, a Akamai incluiu os países prontos para a exibição de conteúdo 4K, conhecido também como ultra-resolução. De acordo com o levantamento, apenas 11% dos países têm capacidade suficiente para levar essa transmissão com qualidade, acima de 15 Mbps. Coreia do Sul (60%), Japão (32%) e Hong Kong (26%) estão entre os primeiros listados, com maior número de conexões nesta faixa.

Akamai

Entre os dispositivos móveis, a pesquisa levou em consideração a conectividade de 56 países. A Coreia do Sul mais uma vez levou vantagem, com média de 14,7 Mbps. Foi a única nação acima de 10 Mbps.

Neste mesmo quesito, o Brasil fica em terceiro lugar na América do Sul, com média de 1.2 Mbps e pico médio de 9,3 Mbps. As conexões acima de 4 Mbps por aqui são poucas, correspondem ainda a 0,4%, enquanto na Argentina, que lidera esse critério, 1,6% das conexões tem transmissões acima de 4 Mbps. Por outro lado, a média geral dos hemanos é a pior dos listados na pesquisa, com apenas 1 Mbps.

Akamai

Para encerrar, a Akamai também ilustrou em gráfico a constante alta no uso da web. Para isso, ela avaliou o conteúdo coletado pela Ericsson, presente em mais de 180 países e base para mais de mil redes de clientes no mundo todo.

Akamai

O gráfico revela o crescimento de 15% em relação ao primeiro trimestre do ano passado e projeta que essa tendência deve continuar, já que o número e os tipos de dispositivos também devem se multiplicar nos próximos meses, assim como a velocidade de Internet. As informações são do site The Next Web.

Fonte: http://thenextweb.com/insider/2014/06/27/akamai-global-average-internet-speed-24-year-year-3-9-mbps-mobile/

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.