Latino-americanos e brasileiros passam menos tempo online, segundo comScore

Por Redação | 15.09.2014 às 15:24

A comScore divulgou na última sexta-feira (12) sua pesquisa anual sobre comportamento na internet, de acordo com os continentes e países, chamada 2014 LATAM Digital Future in Focus. Os dados revelam que o número de internautas na América Latina cresceu 17% no último ano, mas que o tempo gasto online caiu em toda a região, inclusive no Brasil.

O menor tempo gasto na rede é um fenômeno interessante. No entanto, a comScore leva em conta apenas as plataformas de PCs e laptops, desconsiderando dispositivos móveis.

ComScore pesquisa1

Em 2013, os latino-americanos gastavam 26,1 horas online por mês, enquanto a média dos brasileiros era de 35,6 horas mensais. Neste ano, a média latino-americana de tempo gasto online passou para 21,7 horas, enquanto a dos brasileiros também teve queda e foi para 29,4 horas. O Uruguai agora é o país onde os usuários passam mais tempo online, com uma média de 32,6 horas mensais. A participação da América Latina também cresceu na audiência Global da internet e passou de 9% em 2013, para 10% em 2014.

ComScore pesquisa2

Se forem consideradas apenas as redes sociais, a audiência na região teve um aumento de 15% em junho de 2013 e junho de 2014 e passou a ter 167,43 milhões de visitantes únicos. Cinco países da América Latina estão no Top 10 em alcance no mundo, com Reach acima dos 96, enquanto a média latino-americana é de 95. O México é o que fica mais acima com 98, enquanto o Brasil está abaixo da média, com 93. Mesmo assim, os brasileiros são maioria entre os usuários do Facebook, segundo a própria rede social que também considera os acessos via mobile.

Também vale notar os sites nos quais os latino-americanos passam mais tempo. Neste caso, páginas ligadas ao Google estão em primeiro, seguidas pelo Facebook e sites da Microsoft.

ComScore pesquisa3

Com a redução no tempo gasto online, os jornais tiveram uma queda no alcance em toda a região. O alcance dos sites de notícias foi de 85,5% em 2013, para 58,1% em 2014. Enquanto no Brasil também houve uma queda, indo de 88,4% para 63,9%.

No país, o que se destaca são os vídeos, seguindo tendências já identificadas por sites que realizam este tipo de investigação. O número de visitantes únicos para vídeos no Brasil foi de 64,812, enquanto o país latino-americano mais próximo foi o México, com 21,416.

É possível que a quantidade de horas gastas pelos latino-americanos nas redes sociais tenha caído em 2014, mas a comScore não informou a atualização deste valor que em 2013 eram de 10 horas.

Fonte: http://idgnow.com.br/blog/circuito/2014/09/13/brasileiros-passam-menos-horas-online-revela-comscore/