Kim Dotcom lança o Partido da Internet na Nova Zelândia

Por Redação | 27 de Março de 2014 às 11h56

Lembra do Kim Dotcom, o dono do site MegaUpload que foi preso por incentivar a pirataria de filmes e programs de TV? Parece que agora ele pretende mesmo seguir carreira na política. De acordo com uma notícia publicada no site da BBC nesta quinta-feira (27), Dotcom acaba de lançar na Nova Zelândia um partido político chamado Internet Party (Partido da Internet, em tradução livre).

O comunicado oficial do lançamento do partido diz que o Internet Party é "um movimento pela liberdade da internet e tecnologia, pela privacidade e pela reforma política". No site do partido é dito que os objetivos são oferecer a todos uma internet mais rápida e mais barata, além de proteger a privacidade e a independência de todos que utilizam a rede mundial. O partido promete ainda introduzir na Nova Zelândia uma moeda digital que seria segura e criptografada.

Para conseguir chegar ao parlamento neozelandês, o Internet Party precisa garantir pelo menos 5% dos votos. Uma das estratégias que podem ser utilizadas para conseguir isso seria se aliar a algum partido já existente, mas um dos prováveis aliados do novo partido já declarou ter dúvidas quanto a esse plano, então é pouco provável que aconteça alguma união entre partidos.

Kim Dotcom foi preso em sua mansão e teve todos os seus bens congelados, em janeiro de 2012, acusado pelas autoridades dos Estados Unidos de faturar mais de US$ 175 milhões facilitando a distribuição de conteúdo pirata na internet. Agora, além da criação do Internet Party, Dotcom anunciou também seus planos de listar, no mercado de ações da Nova Zelândia, sua nova empresa de compartilhamento de arquivos.

Os eleitores da Nova Zelândia vão às urnas em setembro, então não deve demorar para que surjam mais notícias a respeito da nova empreitada de Kim Dotcom, que ainda luta contra a extradição para os Estados Unidos por acusações de violação de copyright em escala maciça.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.