Kim DotCom irá participar das próximas eleições na Nova Zelândia

Por Redação | 26 de Junho de 2013 às 14h35

Kim DotCom, fundador do Mega, anunciou nesta quarta-feira (26) durante o "café da manhã anual do Mega", com empresários e especialistas em internet, que irá participar das próximas eleições da Nova Zelândia em 2014. Uma das principais plataformas de DotCom é discutir maneiras de assegurar a internet e denfedê-la. As informações são do New Zealand Herald.

"Vou participar. Vou ajudar o máximo possível nas próximas eleições para me assegurar que o governo vai levar mais a sério a internet", afirmou DotCom. Ele não revelou mais detalhes sobre como será sua participação no cenário político local e nem no pleito do próximo ano.

DotCom aguarda em liberdade o julgamento que irá definir sobre o pedido de extradição para os Estados Unidos, onde é acusado de pirataria. Durante sua apresentação, ele comentou que espera o início das instalações de um novo cabo submarino que irá aumentar a velocidade da internet na Nova Zelândia, e ainda pediu aos presentes que batalhem contra uma lei do país que planeja garantir mais poderes às agências de espionagem. Ele também daria ao governo mais acesso às informações de empresas de internet e telecomunicações.

Desde 2012, Kim DotCom é acusado em um processo legal que incluiu uma investigação do FBI, apreensão de seus computadores e documentos, bem como o fechamento de seu antigo site de compartilhamento, o Megaupload. No processo, muitas irregularidades foram cometidas como ordens de prisão e espionagens ilegais contra DotCom.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.