Irã desenvolve software para controlar acesso a redes sociais no país

Por Redação | 07 de Janeiro de 2013 às 15h55

O governo do Irã anunciou nesta segunda-feira (7) que está desenvolvendo um novo software capaz de controlar e restringir o acesso dos usuários locais às redes sociais, incluindo Facebook e Twitter. A informação partiu do chefe da polícia local Esmaeli Ahmadi Moghadam.

"O controle inteligente das redes sociais não irá evitar apenas suas desvantagens, mas também permitirá que as pessoas se beneficiem dos seus aspectos úteis", ressaltou Moghadam em um relatório governamental publicado pela AFP. "O projeto de software para controlar sites sociais está a caminho. O controle inteligente das redes sociais é muito melhor do que filtrá-las completamente".

Sites como Facebook e Twitter têm seu acesso bloqueado no país e o governo local tem direcionado ações para combater conteúdos que considera "inadequados" na internet. Em setembro de 2012, o Irã bloqueou o Google e o YouTube, e mais recentemente, lançou seu próprio serviço de compartilhamento de vídeos para promover a cultura local.

Iranianos acessando internet

As agências de notícias locais e o governo já são conectados por uma rede nacional de informação

Além disso, rumores afirmam que o país estaria desenvolvendo uma intranet nacional na tentativa de criar uma "internet limpa". Todas as agências de notícias e órgãos governamentais iranianos já estão conectados através de uma rede nacional de informação, e conectar os usuários comuns é o próximo passo para o governo.

Participe do nosso grupo de ofertas no Facebook e tenha acesso aos melhores descontos e cupons para você garantir sempre o menor preço em suas compras online.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.