Financiamento coletivo quer liberar obras de Chopin em domínio público

Por Redação | 11.09.2013 às 12:50 - atualizado em 11.09.2013 às 13:50

Um financiamento coletivo promovido via Kickstarter quer tornar livre o uso e a reprodução das obras de um dos mais importantes músicos eruditos de todos os tempos, Frederic Chopin.

Há três anos, o mesmo grupo de aficcionados por música conseguiu angariar US$ 70 mil para criar um acervo livre de obras de autores como Beethoven, Brahms, Mozart, Schubert e outros compositores de quilate. Agora o objetivo é mais simples - preservar indefinidamente, em forma digital e aberta, tudo que foi produzido por Chopin.

"Chopin morreu há 164 anos. Sua música está em domínio público, mas a maioria das pessoas a consome como se ela estivesse sob copyright, por meio de CDs, iTunes, YouTube (muitos deles de fato sob copyright). Achamos que Chopin merece mais que isso", dizem os idealizadores.

A descrição do projeto mostra que, se ele conseguir angariar a quantia pedida, uma das medidas de preservação será liberar toda a música do autor de graça na internet, tanto em vídeos de 1080p quanto em arquivos de áudio de altíssima qualidade. Outra inteção do grupo é liberar toda a obra de Chopin de forma totalmente gratuita, possibilitando que ela seja livremente distribuída, comercializada e reapropriada.

Para isso, o grupo precisa juntar pelo menos US$ 75 mil no Kickstarter, em campanha que é corrente. Se você curtiu a ideia e gostaria de apoiar, confira a página oficial do projeto e escolha uma maneira de doar.