Ferrari está banida da internet chinesa

Por André Fogaça | 21 de Março de 2012 às 18h00

Quando você pensa em um carro esportivo, um dos primeiros nomes que vem na cabeça é modelo vermelho com o cavalo rampante da Ferrari, não? Pois é, os chineses podem até pensar na mesma marca, mas a pesquisa na internet não vai demonstrar qualquer resultado correto. Não entendeu?

É simples: o governo local removeu o termo "Ferrari" de toda internet que entra e sai do país.

Ferrari acidentada

A proibição, segundo o canal NTD, é fruto de um acidente na capital Pequim, que aconteceu nesta terça-feira (19). A batida foi fatal e envolveu três jovens dentro de uma Ferrari 458 Italia Spider preta e, para dar uma abafada no caso, o governo chinês determinou que qualquer coisa com o nome Ferrari, como esta matéria, está banida de todo o país.

O problema não é bem o acidente ou a violência, mas o fato de que o motorista seria o filho de um alto membro do Partido Comunista chinês, que está no governo.

Como a imprensa de lá é bastante limitada (por culpa do governo), não é possível confirmar estes boatos. Mas uma vez se tornando reais, fica bem complicado para um partido que prega o comunismo, ter um filho que dirige um sonho de consumo da imensa maioria dos amantes da velocidade, que não custa a mesma coisa do que um veículo popular.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.