Com fim anunciado do Google Reader, Feedly já registra 500 mil novos usuários

Por Redação | 18.03.2013 às 11:23

O aplicativo de RSS Feedly, similar ao Google Reader, registrou 500 mil novos usuários após o anúncio do fim do serviço do Google. A notícia foi dada na última semana no blog oficial da gigante e o fim do Reader faz parte do programa de limpeza semestral da empresa, que elimina os produtos que não foram tão bem quanto o esperado. As informações são do Venture Beat.

A decisão do Google pegou muitos usuários do agregador de feeds de surpresa, fazendo com que muitos iniciassem petições online para que a companhia reveja sua decisão. Uma das petições já conta com mais de 122 mil assinaturas, mas o manifesto online não deverá mudar a escolha da empresa e os usuários do Reader deverão migrar para outras plataformas.

Conheça cinco boas alternativas ao Google Reader

O Feedly utiliza uma das APIs do Google Reader para funcionar, mas a empresa já atualizou sua aplicação e continuará funcionando mesmo com o fim do serviço do Google. "Estamos trabalhando em um projeto chamado Normandia, que um é clone do Feedly para o Google Reader API - executado dentro do Google App Engine", afirmou a companhia em postagem em seu blog oficial. "Quando o Google Reader for desativado, o Feedly já terá feito uma transição tranquila para o Normandia. Então, se você é um usuário do Google Reader e do Feedly, você está coberto: a transição será feita de forma transparente".

Este é o momento ideal para o Feedly e a empresa afirmou que já aumentou em mais de 10 vezes a extensão da sua banda para atender aos novos usuários, que estão migrando do Reader para o seu serviço. A empresa também estabeleceu três prioridades para o próximo mês: manter o serviço funcionando com boa velocidade, ouvir as sugestões dos novos usuários e adicionar novos recursos a cada semana - atualmente, o Feeedly oferece aplicativos gratuitos para Chrome, Firefox, Safari, iOS e Android.