Fechamento do Megaupload aumentou o download de filmes legais, aponta estudo

Por Redação | 08.03.2013 às 16:27

Mesmo de portas fechadas há algum tempo, o Megaupload continua sendo notícia e participando de pesquisas relacionadas à pirataria. Dessa vez descobriram que, após o desligamento do site, os usuários começaram a recorrer a meios legais de downloads.

Por meio de uma análise das 18 semanas após o fechamento do Megaupload, os pesquisadores descobriram que as receitas de vendas digitais e aluguel de filmes para dois grandes estúdios de cinema ficaram entre 6% e 10%, maiores do que se o site de Kim Dotcom ainda estivesse aberto. Os dados são de Universidade Carnegie Mellon, que fica no estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos.

O estudo abrangeu 12 países, e aqueles que abrigavam a maioria dos usuários do Megaupload foram exatamente os que apresentaram um aumento no número de downloads legais. Entre eles estão França, Espanha, México e Bélgica, enquanto o Canadá, Austrália e Irlanda foram os que apresentaram menores impactos.

Segundo o estudo, os usuários poderiam facilmente ter optado por outros serviços de download ilegal de conteúdo protegido por direitos autorais, mas boa parte dos filmes e músicas legais está se mostrando disponível de maneira mais fácil. Além disso, o fechamento do Megaupload também fez com que muitos usuários pensassem duas vezes antes de utilizar outros meios ilegais.

Porém, como nem todo conteúdo (principalmente da indústria do cinema) é tão fácil assim de se obter online, o estudo sugere que o número de usuários que utilizam os meios legais de obtenção de conteúdo digital pode subir ainda mais se os estúdios disponibilizassem o seu conteúdo mais facilmente.

Outro estudo divulgado recentemente mostrou que a mesma tendência se aplica à indústria musical. Ele também apontou que o download de músicas sem licença também parece ter diminuído. O resultado disso foi que a indústria musical apresentou crescimento pela primeira vez desde 1999.