Endereços de IPv4 brasileiros acabam em 2014, alerta Comitê Gestor da Internet

Por Redação | 02 de Outubro de 2013 às 07h10

Os endereços da versão 4 dos protocolos de internet, conhecidos como IPv4, se esgotarão no primeiro semestre de 2014 – é o que alerta o Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI), conforme previsto desde a década de 1990. O órgão está preocupado com a lenta adoção da edição 6 e por isso publicou uma série de medidas para acelerar esse processo, como a exigência de que o novo protocolo seja incluído como requisito de compra de equipamentos.

O protocolo IP define à rede um endereço único para cada computador, servidor, celular ou tablet, que serve como identificador perante toda a rede. Com a proliferação de dispositivos conectados, há uma necessidade cada vez maior de endereços únicos de IP.

O IPv6 tem como objetivo substituir o IPv4, que só suporta cerca de 4 bilhões (4x109) de endereços IP, contra os cerca de 3,4x1038 endereços do novo protocolo.

Atualmente, menos de 1% dos provedores de internet brasileiros fizeram a migração para o IPv6. Dado este cenário, o CGI quer que governos federal, estaduais e municipais estabeleçam metas claras sobre a implementação do novo protocolo de internet.

O CGI vai enviar ofícios para a Sociedade Brasileira de Computação (SBC), assim como para outras instituições relacionadas, reforçando a urgência da disseminação do IPv6 no Brasil. O órgão também produzirá vídeos explicativos e materiais didáticos sobre o assunto para compor uma campanha ainda mais extensiva de conscientização sobre o IPv6. Confira a resolução do CGI na íntegra.

Segundo o "Teletime", o atraso da migração para o novo protocolo de internet pode causar problemas de navegação na web, como falhas em serviços de comunicação, games online, reprodução de vídeos e compartilhamento de arquivos .torrent.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.