Dogecoin é a moeda virtual com maior número de transações em todo o mundo

Por Redação | 15.01.2014 às 17:00

A Dogecoin, que surgiu como uma alusão a um dos memes mais recentes da internet, ganhou fôlego e, desde o final de dezembro de 2013, é a criptomoeda mais negociada do mundo. De acordo com dados da Bit Info Charts, o dinheiro virtual tem uma média de 102 mil transações por dia, contra 56 mil das Bitcoins, as principais expoentes dessa nova onda.

Ao observar o gráfico de transações, é possível notar que, em apenas um dia, a Dogecoin ultrapassou a marca de 200 mil transações, enquanto as Bitcoins permaneciam estáveis entre as 50 mil e 60 mil negociações diárias. O valor dessa nova moeda, porém, ainda está longe de ser equivalente e isso se deve, principalmente, às especificidades dela.

Ao contrário das Bitcoins, as Dogecoins são voltadas especificamente para compras, não podendo ser usadas para conversão em dinheiro físico. Esse fator não apenas contribui para o aumento nas negociações mas também reduz a especulação, impedindo o acúmulo de grandes fatores e uma desestabilização do mercado devido à escassez de valores.

Segundo os criadores, conforme relatado pelo site The Next Web, apenas 28% das Dogecoins disponíveis foram liberadas até agora, com um valor total de cerca de US$ 13,5 milhões. A variação de cotação, aqui, também é menor que a das Bitcoins, permitindo que comércios realmente vejam além da piadinha canina e realmente pensem em adotar a criptomoeda como uma alternativa viável para o mercado virtual.