Confirmado: Netflix passará a custar R$ 19,90 no Brasil

Por Redação | 09.05.2014 às 11:31 - atualizado em 09.05.2014 às 15:19

As notícias do final de abril se confirmaram nesta sexta-feira (09). A versão brasileira da Netflix começou a enviar e-mails para seus assinantes informando sobre o reajuste no valor das assinaturas, que agora passam a custar R$ 19,90 ao mês, um aumento de R$ 3 em relação ao valor praticado anteriormente de R$ 16,90.

A mudança, porém, só vale para novos usuários. Quem já possui acesso ao serviço continuará pagando o valor atual ao longo do próximo ano, recebendo o reajuste apenas em 2015. A medida é comum para a empresa e é explicada por ela como uma maneira de agradecer seus clientes pela fidelidade.

Netflix aumento

Já os usuários do Plano Familiar recebem um reajuste um pouco menor e passam a pagar R$ 26,90, em vez dos R$ 25,90 atuais. Mas, assim como nas assinaturas simples, os valores somente serão alterados em junho do ano que vem. A modalidade permite que até quatro dispositivos possam ser usados simultaneamente para assistir aos conteúdos, enquanto no pacote tradicional, esse máximo é de dois.

O aumento nacional reflete a mudança nos preços internacionais. Também nesta sexta-feira a Netflix anunciou o aumento dos preços das assinaturas nos Estados Unidos e Europa, com reajustes na casa de US$ 1. Lá fora, a vigência dos preços atuais para os clientes, porém, tem duração de dois anos, segundo as informações do Engadget.

A Netflix segue uma tendência de aumentar seus preços anualmente. Em 2013, mais ou menos na mesma época, a empresa já havia anunciado seu primeiro reajuste no serviço nacional, que saiu dos R$ 14,90 aplicados desde sua chegada ao país para R$ 16,90, o valor vigente até esta quinta-feira (08).

Segundo a empresa, o dinheiro extra obtido com os reajustes permitirá que a empresa também continue sua expansão internacional, além de investir em mais conteúdos originais e em resolução 4K, que é uma das grandes novidades da companhia. A segunda temporada de House of Cards, por exemplo, foi disponibilizada totalmente na ultra resolução, com Breaking Bad sendo o próximo show a ter a novidade habilitada.