Cisão do eBay: empresa planeja cortar 2.400 empregos até o fim deste trimestre

Por Redação | 22 de Janeiro de 2015 às 11h56
photo_camera Divulgação

O eBay, multinacional norte-americana de comércio eletrônico, planeja reduzir sua força de trabalho em 7% e mandar embora pelo menos 2.400 funcionários até o fim deste trimestre. A medida faz parte do processo de cisão da empresa em duas, tornando o PayPal, sua divisão de pagamentos, uma companhia independente.

De acordo com um relatório de resultados do quarto trimestre divulgado nesta quarta-feira (21), os 2.400 empregos cortados estão nas divisões de marketplace, pagamentos e empresas.

Na parte administrativa, o eBay também tem feito mudanças visando o futuro. A empresa disse ter fechado acordo com o seu maior acionista ativo, Carl Icahn, e indicou para o conselho o executivo da Icahn Capital, Jonathan Christodoro. Além disso, a companhia trouxe dois banqueiros de Wall Street para fazer parte do grupo, subindo o número de diretores para 15.

"Olhando para frente, em 2015, simplificaremos as estruturas organizacionais para focar nos negócios e garantir que estejamos prontos para competir e vencer", declarou o eBay.

O PayPal acenou positivamente para a proposta de mudanças realizadas por Icahn, que acredita que irá melhorar a governança corporativa da companhia de pagamentos.

Os custos de separação e reestruturação do eBay e PayPal ficarão entre US$ 210 milhões e US$ 240 milhões no primeiro trimestre e US$ 350 milhões e US$ 400 milhões no ano inteiro.

A ideia da gigante do comércio eletrônico é separar a divisão de marketplace do setor de pagamentos, que vive um crescimento rápido. O PayPal irá se tornar uma empresa de capital aberto autônoma, com valor estimado de US$ 40 bilhões.

Além da divisão do PayPal, o eBay também está explorando uma venda ou oferta pública inicial de ações de sua divisão de empresas, que auxilia os varejistas do mundo a venderem mais online. Segundo a companhia, esta divisão não se encaixa perfeitamente com o PayPal, nem com a divisão de marketplace da empresa.

"Tornou-se claro que há sinergias limitadas e uma separação permitirá que as duas unidades se concentrem exclusivamente em seus principais mercados, criando duas empresas globais independentes", afirmou a companhia varejista em comunicado.

Nos resultados divulgados do quarto trimestre de 2014, o eBay obteve lucro de US$ 0,90 por ação, superando a expectativa de analistas de US$ 0,89 por ação. No entanto, a empresa anunciou perda líquida de US$ 41 milhões em 2014, após ter conseguido lucro de US$ 2,9 bilhões em 2013.

A previsão para o quarto trimestre de 2015 é de alta de 10% no lucro líquido da corporação.

Fonte: http://www.digitaltrends.com/web/ebay-to-cut-2400-jobs-as-it-prepares-paypal-spinoff/

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.