Canal de educação YouTube Edu conta agora com 11 mil vídeos gratuitos

Por Redação | 29 de Abril de 2014 às 16h00
photo_camera Divulgação

Em novembro do ano passado, o Google lançou no Brasil o YouTube Edu, uma plataforma de educação totalmente gratuita e em português que conta com aulas sobre matemática, biologia, língua portuguesa, física e química. A plataforma é resultado de uma parceria entre a gigante das buscas e a Fundação Lemann, e possuía inicialmente com 8 mil vídeos divididos em 26 canais. O Brasil foi o primeiro país fora dos Estados Unidos a receber uma versão do projeto.

Pouco mais de cinco meses após seu lançamento, o YouTube Edu cresceu e incluiu em seu "catálogo" outras disciplinas, como filosofia, sociologia, inglês e espanhol. A audiência cresceu cerca de 30% nas duas primeiras semanas em que o canal estava no ar, sendo que em março foi assistido 1,6 bilhão de horas de vídeo por semana na plataforma.

Agora, o Google anunciou que mais 3 mil vídeos serão adicionados à biblioteca do canal, totalizando 11 mil e que, além das matérias que já estão presentes, a página terá um foco especial em conteúdos para alunos do ensino fundamental. Em um post no blog oficial da companhia, Flavia Simon, diretora de marketing para o consumidor no Google e responsável por trazer o YouTube Edu ao Brasil, disse que o projeto segue para sua segunda fase, na qual os professores ganharão mais espaço para lecionar no canal.

"Queremos trazer para esta iniciativa talentosos professores que já produzem conteúdos para o YouTube e que devem submetê-los à plataforma. E também abrir o desafio para que educadores que ainda não estão no mundo digital se aventurem como novos autores", disse Simon. A executiva explica que todos os vídeos da plataforma passam pela curadoria da Fundação Lemann antes de irem ao ar "para garantir a precisão e relevância das informações ensinadas por eles". O Google, em contrapartida, oferece suporte – no caso, o YouTube – para a divulgação do projeto.

"A plataforma já se mostrou, desde sua implantação, uma ferramenta poderosa e com capacidade para ajudar a elevar a educação em todo o Brasil. Nesta nova etapa, estamos confiantes que atingiremos um público ainda maior e um conteúdo ainda mais rico", afirma Denis Mizne, diretor-executivo da Fundação Lemann.

O YouTube Edu tem hoje quase 64 mil usuários inscritos e mais de 4 milhões de visualizações. As vídeo-aulas não englobam apenas os conceitos de uma determinada disciplina, mas também curiosidades e dicas de como utilizar materiais comuns no nosso dia a dia para os mais diversos experimentos. Alguns deles ensinam em como cuspir fogo usando maisena, como fritar ovo sem usar fogo e como criar um mini robô caseiro em forma de barata.

Para acessar o YouTube Edu, clique neste link.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.