Após ataque, encurtador de links Bitly pede que usuários troquem senhas

Por Redação | 09 de Maio de 2014 às 14h54

O Bitly, um dos encurtadores de links mais utilizados por marcas e empresas nas redes sociais, foi alvo de um ataque nesta quinta-feira (8). Como explica em uma publicação em seu blog oficial, o serviço teve as credenciais de contas roubadas, incluindo e-mails, senhas, chaves de API e tokens OAuth.

Com o vazamento, a empresa recomenda que os usuários do serviço realizem algumas mudanças para garantir a segurança de suas contas. A primeira delas é resetar as chaves de API e os tokens OAuth. Para isso, basta acessar a aba de configuraçoes e depois, clicar em "avançado". No topo de "Avançado", selecione "Resetar" próximo a "Legacy API key". Em seguida, copie sua nova chave e mude-a em todas as aplicações, incluindo aplicativos, botões de compartilhamento e outros.

Outra medida recomendada é trocar a senha de acesso ao Bitly. De acordo com o serviço, as senhas vazadas estão criptografas, o que demoraria um tempo considerável para descobri-las. Contudo, é melhor não arriscar e mudá-la acessando a aba "Perfil".

O Bitly ainda estimula seus membros a desconectarem e reconectarem qualquer aplicação ligada ao encurtador. Para saber quais contas estão conectadas ao serviço, vá até configurações e clique em "Contas conectadas".

Por fim, muitos usuários podem se deparar ainda com uma falha entre Facebook e Twitter, mas isso não é motivo para preocupação. Segundo o Bitly, as contas foram desconectadas automaticamente das redes sociais como medida de segurança e, ao refazer seu login, elas serão restauradas.

O Bitly não divulgou informações sobre os responsáveis pela invasão.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.