Abaixo-assinado pela liberdade na internet

Por Ultradownloads | 04 de Julho de 2012 às 13h30

Diversas organizações e pessoas ligadas a movimentos que desejam a liberdade na internet se uniram para criar uma declaração que reúne cinco princípios básicos que, segundo eles, podem resultar em mais criatividade, inovação e sociedades mais abertas.

Nomes já conhecidos como a Electronic Frontier Foundation (EFF) - um grupo contra a repressão na web que recebe apoio de pessoas como Steve Wozniak, cofundador da Apple - e a Fundação Mozilla são alguns exemplos de quem apoia a causa e os pontos levantados pela Declaration of Internet Freedom (Declaração de Liberdade na Internet).

Confira abaixo os cinco princípios que regem a declaração:

  • Expressão: Não censurar a internet.
  • Acesso: Promover acesso universal a redes rápidas.
  • Abertura: Manter a internet como uma rede aberta em que todos são livres para se conectar, comunicar, escrever, ler, assistir, falar, ouvir, aprender, criar e inovar.
  • Inovação: Proteger a liberdade para inovar e criar. Não bloquear novas tecnologias e não punir os inovadores pela ação de seus usuários.
  • Privacidade: Proteger a privacidade e defender a capacidade individual de controlar como seus dados e aparelhos são usados.

A ação é internacional e caso você queira assinar a declaração basta entrar no site da Declaration of Internet Freedom.

Liberdade na Internet
Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.