A internet te distrai? Esse aplicativo pode ser ideal para te disciplinar

Por Redação | 20 de Agosto de 2014 às 10h05

Quem usa redes sociais, principalmente, conhece bem o poder de procrastinação proporcionado pela internet. Os nossos afazeres estão ali, esperando para serem concluídos após o próximo link, que leva a um joguinho, a uma foto de um amigo postada no Facebook e uma notícia interessante. É fácil perder a noção da hora – e também os prazos. Foi pensando nisso que a True Time Applications desenvolveu o Skeebloo, um aplicativo capaz de restringir completamente o acesso à rede.

Disponível para Windows 7 (com edição para Windows 8 já em desenvolvimento), o software é capaz de bloquear totalmente o acesso à internet por um determinado período de tempo, de forma que nem mesmo o próprio responsável pelo bloqueio consiga voltar atrás. De uma só vez, todo tipo de conexão é fechada, desde redes com fio até WiFis, e tudo só volta a funcionar quando o período determinado chega ao fim.

A ideia da desenvolvedora é voltada para os pais que têm filhos em idade escolar e desejam restringir o acesso deles à rede durante a hora dos deveres de casa, ou pessoas que trabalham na frente do computador em aplicações desconectadas e não desejam ser atraídas pela internet e suas maravilhas. Apesar de também poder ser usado como tratamento intensivo para viciados em internet, a True Time Applications não recomenda o uso do Skeebloo para esse fim.

O aplicativo é pago e está disponível em duas versões. A primeira, Strict, custa US$ 10 (aproximadamente R$ 25) e permite bloquear o acesso por seis ou 12 horas. A segunda, Moderate, também possui uma opção de ajuste personalizado do tempo (com no mínimo trinta minutos) e é vendida por US$ 12, ou cerca de R$ 30. Em ambos os casos, 5% do valor da compra é revertido para instituições de caridade.

Em tempo: existe sim uma forma de reverter o tempo fixado pelo usuário. Mas ela está longe de ser uma medida emergencial e envolve a digitação de um extenso e complicado poema, letra por letra. Sendo assim, a Truetime Applications avisa que, na esmagadora maioria dos casos, a decisão de restringir o acesso é permanente, por isso, é melhor pensar bem antes de tomá-la.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.